Jovem desaparece após churrasco na casa do namorado em São José dos Pinhais

Ela namora Leonardo Xavier há poucos dias e família afirma que os dois brigaram no dia do desaparecimento

Maria Helena de Jesus, de 22 anos, não dá notícias desde a última terça-feira (12), quando saiu para ir a um churrasco na casa de um homem, com quem se relacionava há poucos dias, Leonardo Xavier Simões. De acordo com a família da jovem, os dois teriam brigado naquela madrugada, e desde então, Maria Helena está desaparecida.

O churrasco aconteceu no bairro Guatupê, em São José dos Pinhais. Moradora do bairro Alto Boqueirão, Maria Helena tem um filho, de 5 anos. Ela nunca ficou sem responder ou atender as ligações de familiares.

A polícia já tem imagens de câmeras de segurança, que mostram um veículo saindo da casa de Leonardo, uma e meia da manhã da última quinta-feira (14). A polícia investiga o caso. A região da casa de Leonardo é rodeada por uma mata fechada. Familiares de Maria Helena fizeram diversas buscas pelo local durante final de semana, mas até agora nenhum sinal da jovem. Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta quinta-feira (21):

Novidades no caso, investigação e mistérios

Mistério! Onde estaria o casal que desapareceu após um churrasco em São José dos Pinhais? Onde estão Maria Helena de Jesus, de 22 anos, e Leonardo Xavier Simões, de 29? A garota sumiu sem deixar rastros na noite do dia 12 de janeiro, após participar de um churrasco na casa de Leonardo, com quem estaria ficando. Ele teria desaparecido no dia seguinte.

As famílias dos dois fizeram boletins de ocorrência na delegacia de São José dos Pinhais, onde a festa aconteceu. Uma vizinha, que não quis se identificar, conta que desde o dia 14 de janeiro ninguém aparece por ali.

Leonardo e Johny, que mora no sobrado junto com ele, não costumavam dar festas no local. Na noite do churrasco, ela conta que não ouviu nada de estranho. Na quinta-feira (14) ela entrou com a polícia no imóvel e disse que encontrou a casa toda bagunçada, suja, mas sem marcas de sangue ou de algo que pudesse caracterizar um crime.

Imagens de uma câmera de segurança da rua podem ajudar a solucionar este mistério. Elas registraram a saída de Johnny e Leonardo, na manhã do dia 13, logo após a festa, cada um em um carro de aplicativo diferente.  Os rapazes ficam no imóvel por cerca de 15 minutos, retiram um televisor e algumas roupas e vão embora. Na madrugada do dia 14, à 1h30, Leonardo volta a casa com o irmão, Ricardo, em uma Palio Weekend e estacionam como os vizinhos relataram que nunca acontecia, com metade do carro para dentro da garagem. Antes, um deles pulou o portão e o abriu por dentro.

O carro anda um pouco e para na rua. Leonardo sai pela porta de trás, vai até o portão, se assegura de que ele está fechado e entra no veículo pela porta do passageiro. Dois minutos depois o carro vai embora. Na tarde do mesmo dia, a ex-mulher de Leonardo, o irmão dele, Ricardo, e a mãe, dona Leontina, vão ao sobrado, desta vez com uma carretinha engatada na Palio Weekend. Eles teriam feito uma faxina na casa e pegado mais alguns objetos.

O estranho é que o irmão esteve com Leonardo na madrugada do dia 14 e no boletim de ocorrência do desaparecimento de Leonardo, consta que ele sumiu no dia 13.

Maria Helena foi ao churrasco após sair do trabalho, em um shopping de Curitiba. A família está desesperada atrás da garota, que nunca ficou tanto tempo sem dar notícias. Ela tem um filho de cinco anos.  A delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso e deve apresentar novidades sobre a investigação nos próximos dias.

Veja mais detalhes na reportagem completa do Tribuna da Massa Curitiba desta sexta-feira (22):