Ladrão invade loja de produtos para unhas

Esta loja de alongamentos e produtos para unhas que fica na Avenida Saul Elkind, foi assaltada na tarde de terça-feira.

O assaltante levou cerca de 9 mil reais em produtos e a câmera de segurança do estabelecimento ao lado registrou o momento em que o ladrão entrou na loja. Primeiro ele passa reto, logo em seguida retorna e entra no local.

“Eu após abrir a horário do almoço, eu entrei e logo em seguida ele entrou como um cliente normal né, como os maridos das mulheres costumam vir buscar produtos e eu tratei ele normal e ele simplesmente atrás da bolsa me mostrou arma dizendo que era um assalto, na hora eu fiquei sem reação e ele se virou para mim e falou assim eu quero esses produtos aqui que está no balcão enche a bolsa.” Afirmou Karen Pereira da Silva, vendedora da loja.

Ao lado do caixa tem uma câmera de segurança que estava sem cartão de memória e não registrou o momento da ação.

“Por falta de tempo meu mesmo eu não coloquei o cartão de memória, mas a partir de agora vai ter oito câmeras aqui que eu vou colocar monitoramento 24 horas.” 

Viviane tem a loja há 8 anos e há 7 meses está neste local, ela nunca havia sido assaltada e acredita que o crime tenha sido encomendado.

“O ladrão veio com a letra da da é isso que a gente tá imaginando que alguém que passou a letra e ele veio e levou 105 géis da marca Beltrat que sou representante aqui em Londrina e passou por trás do balcão rendeu a Karen com arma. Veio especificamente eu quero esses produtos e apontou para exatamente para que ele abrisse a bolsa e pediu para ele jogando tudo dentro.”  Afirmou Viviane Lima, proprietária da loja.

Apesar do medo, as mulheres seguem firme no trabalho.
“As pessoas elas querem ganhar um dinheiro fácil e não é assim que funciona, eu acredito que os Comerciantes daqui da Avenida Saul Elkind deveriam todos quando acontecer qualquer tipo de coisa, denunciarem, fazer em um boletim de ocorrência porque a gente também tem que parar a criminalidade, porque senão aos comerciantes não vão trabalhar.” Afirmou Viviane Lima, proprietária da loja.