Mulher escapa de tentativa de estupro e dupla é detida por populares

Uma mulher de 40 anos escapou de uma tentativa de estupro na noite desta sexta-feira (25) na Vila Cipa, em Ponta Grossa. A vítima foi agarrada por um homem e foi abusada sexualmente, mas conseguiu se desvencilhar e gritar por socorro. Populares conseguiram deter o abusador e também um comparsa dele, que observava a cena do outro lado da rua.

Conforme foi apurado no local, ela tinha saído de casa por volta das 20h para passear com o cachorro. Ao virar uma esquina, foi surpreendida pela dupla de criminosos. Enquanto um dos homens apenas assistia a tudo, o outro encostou a vítima com o rosto virado para a parede e começou a tocar nas partes íntimas da mulher enquanto fazia ameaças como “fica quieta porque é melhor para você”.

Mesmo chorando e bastante nervosa, ela conseguiu se soltar e tentou correr, mas foi novamente agarrada pelo homem e os dois caíram, com ele em cima dela. Enquanto ela gritava por socorro, um carro que passava pelo local percebeu o que estava acontecendo e parou para ajudar. Outras pessoas também ouviram os gritos e correram para deter os bandidos até a chegada da Polícia Militar.

A mulher sofreu escoriações nas mãos e nas pernas e também teve uma contusão no punho, mas não precisou ser levada ao hospital. Com relação à dupla, um deles é natural do Maranhão e tem 33 anos, enquanto o outro tem 26 anos e é natural de Ponta Grossa. Ambos foram presos em flagrante e levados até a 13ª Subdivisão Policial (SDP). Eles podem ser enquadrados nos crimes de importunação sexual, lesão corporal, abuso sexual, violência contra a mulher, atentado violento ao pudor e tentativa de estupro.