Trabalhador morre ao cair de uma altura de sete metros enquanto instalava placas de energia solar

O barracão abriga cavalos de um haras de Cambé, foi no telhado da estrutura que o jovem de 26 anos, que instalava placas de energia solar acabou caindo de uma altura de 7 metros.

O local é de difícil acesso fica alguns quilômetros depois da Estrada da Prata na área rural de Cambé, ainda sim os socorristas chegaram o mais rápido que podiam, mas infelizmente já encontraram um rapaz sem vida.

Lucas Lourenço Mota, de 26 anos, tinha equipamentos de proteção individual, mas não usava na hora do acidente.

“O efetivo que estava trabalhando, fazendo seu serviço, estava utilizando equipamento, mas foi um momento de descuido né, eles avançaram foram avançando, mas quando chegou ali na última telha né, achou que ia dar, não é a última vai dar certo, naquele um metro a auto segurança a corda que fazia segurança ela não dava mais a continuidade, quando então ele arriscou, no pequeno momento de descuido e foi nessa que aconteceu a fatalidade.” Afirmou o Capitão do Corpo de Bombeiros.

E arriscou alto demais, Lucas acabou pagando com a própria vida.

“Não existe é só mais um metro, não existe só mais o segundo, de qualquer forma a vida está em jogo né, então esse tipo de trabalho é do começo ao fim, é o uso de EPI correto e sempre em dois trabalhando até mesmo para percepção de segurança e tá acompanhando o serviço.” Finalizou o Capitão do Corpo de Bombeiros.

O corpo do trabalhador foi levado para o IML de Londrina e o enterro acontece ainda hoje no Cemitério Parque das Alamandas.