Putin diz que operação russa na Ucrânia está correndo dentro do planejado

MOSCOU (Reuters) – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse nesta quinta-feira que as operações militares da Rússia na Ucrânia estão indo de acordo com o planejado e chamou seus soldados de heróis.

“Eu quero dizer que a operação militar especial está progredindo exatamente de acordo com o cronograma. De acordo com o plano. Todas as tarefas que foram previstas estão sendo resolvidas com sucesso”, disse ele, uma semana depois de a Rússia enviar tanques e tropas à Ucrânia pelo norte, pelo leste e pelo sul.

Os comentários de Putin transmitidos pela televisão pareciam ter a intenção de rebater afirmações de governos e agências de inteligência ocidentais de que a campanha da Rússia esbarrou em problemas logísticos, erros táticos e uma resistência mais feroz do que esperada da Ucrânia.

Ele fez uma série de acusações contra as forças ucranianas, sem apresentar evidências para fundamentá-las, incluindo que elas haviam torturado e matado prisioneiros de guerra russos, e que estão mantendo cidadãos estrangeiros como reféns e usando escudos humanos.

Ele reafirmou a sua lógica para a guerra, que a Ucrânia e o Ocidente rejeitaram como propaganda sem fundamento.

“Agora no território ucraniano, nossos soldados e autoridades estão lutando pela Rússia, por uma vida pacífica para os cidadãos de Donbass, pela desnazificação e desmilitarização da Ucrânia, para que não possamos ser ameaçados por uma direita anti-Rússia em nossas fronteiras que tem sido criada pelo Ocidente há anos”, disse.