Tecnologia 5G estará disponível em mais três capitais na semana que vem

A Anatel prorrogou até novembro o prazo para a ativação do sinal 5G em 15 capitais. Outras três cidades, Curitiba, Goiânia e Salvador terão a nova tecnologia disponível a partir de terça-feira (16).

As três capitais somam mais de seis milhões de habitantes, que vão poder desfrutar do sinal 5G. As cidades se juntam a outras cinco capitais com o sinal aberto. Brasília foi a primeira do país com a nova tecnologia, ainda distante da maioria da população.

O diretor da Associação Nacional dos Analistas em Tecnologia da Informação (Anati) alerta que só os modelos de celular mais recentes conseguem trabalhar com 5G e, em alguns casos, é preciso trocar o chip.

“A maior dificuldade vai ser os usuários terem o aparelho compatível com a tecnologia. É uma primeira barreira. Nesses primeiros meses, é importante destacar que há sim um risco de certa instabilidade, lembrando que a cobertura não é 100%. apesar de já estar nas capitais, pode haver, sim, áreas das capitais que possuem 5g que não vão ser alcançadas pela tecnologia”, diz Sérgio Soares. 

A expectativa inicial era que, até o fim deste mês, o 5G fosse ativado em 25 capitais, mas 15 cidades tiveram o prazo adiado para até 27 de novembro. Segundo a Anatel, a mudança foi necessária pela falta de filtros que evitam interferências entre a telefonia móvel e as transmissões de TV via satélite. Os equipamentos para resolver o problema são importados.

“Existe uma quantidade de filtros que ainda não chegou no Brasil, tem previsão de chegar durante a próxima semana e isso demanda uma certa cautela”, afirma Moisés Queiroz Pereira, conselheiro da Anatel. 

O cronograma segue mantido para outras quatro capitais. Florianópolis, Palmas, Rio de Janeiro e Vitória vão ativar a tecnologia até 29 de setembro.

Informações de SBT News