Presidente-executivo do Twitter renuncia e será substituído por diretor de tecnologia

Por Subrat Patnaik e Greg Roumeliotis

BENGALURU/NOVA YORK (Reuters) – O presidente-executivo do Twitter, Jack Dorsey, renunciou ao cargo e o diretor de tecnologia, Parag Agrawal, será seu sucessor, informou a companhia nesta segunda-feira (29).

A saída de Dorsey marca o final de seu segundo mandato como presidente-executivo da rede social e ocorre em um momento em que a empresa tem acelerado lançamento de produtos depois de anos de críticas do mercado de que seu site estava ficando para trás de rivais, como Facebook e TikTok, em termos de inovação.

Mas, apesar da aceleração no lançamento de novos recursos, as ações do Twitter acumulam forte queda nos últimos meses, o que pressionou Dorsey a encerrar seu incomum acordo de ser presidente-executivo de duas companhias.

Dorsey renunciou do Twitter porque agora tem confiança sobre seu sucessor e vai se focar na empresa de meios de pagamentos digitais Square e outros objetivos como filantropia, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto à Reuters.

O conselho de administração do Twitter estava se preparando para a saída de Dorsey desde o ano passado, acrescentou a fonte.

As ações da empresa subiram 9% e os papéis da Square avançaram 3% mais cedo.

No início de 2020, Dorsey enfrentou pedidos do investidor ativista Elliott Management Corp para deixar o cargo. O fundo argumentava que ele estava dando pouca atenção ao Twitter enquanto dirigia a Square.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAS0YY-VIEWIMAGE