Vendas do comércio brasileiro cresceram 8,9% na Páscoa

As vendas do varejo no Brasil cresceram 8,9% durante a semana de Páscoa, do último dia 11 ao dia 17 de abril. De acordo com a Serasa Experian, considerando apenas o fim de semana comemorativo (15 a 17 de abril), a expansão foi ainda maior, de 11,8%.

Segundo o levantamento, as altas registradas foram maiores do que a do ano anterior (1,9%) e mais expressivas ainda do que o percentual de vendas alcançado no Natal de 2021 (2,8%).

Para Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, o índice revela o movimento gradual de retomada econômica após a pandemia. Segundo ele, apesar dos desafios financeiros que o comércio continua enfrentando em 2022 e a diminuição do poder de compra dos brasileiros, alavancada pela alta do juros e da inflação, é possível observar uma melhora no cenário se comparado ao ano anterior. 

“Neste ano, durante o feriado, as pessoas não precisaram lidar com restrições voltadas à pandemia, aumentando os encontros presenciais e potencializando gastos nesse sentido, o que não aconteceu em 2021 devido às proibições impostas na época”, lembra. 

Na cidade de São Paulo, a semana da Páscoa marcou crescimento de 12,2%. Nesse mesmo recorte, mas apenas durante o final de semana (15 a 17 de abril), as vendas do comércio físico marcaram alta de 14,3%. 

Outra pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), mostrava que cerca de 64% dos brasileiros pretendiam fazer compras na Páscoa, o que corresponde a 109,2 milhões de pessoas. 

Informações de SBT News