Pais e professores das escolas da rede pública e privada aderiram às manifestações pedindo volta às aulas presenciais

A carreata aconteceu na tarde de domingo. O grupo, formado por pais de alunos de escolas públicas e privadas e professores, percorreu diversas avenidas da cidade

Na semana passada, empresários protestaram contra as medidas impostas ao comércio no decreto municipal para evitar a disseminação do novo Coronavírus. O grupo pede o retorno imediato das aulas presenciais em Foz do Iguaçu. Para eles, a educação também é uma atividade essencial.

Segundo os manifestantes, a escola deve ser a última a fechar e a primeira a abrir. Eles pedem a implantação de um sistema híbrido, para que as crianças possam continuar com os seus estudos. A carreata terminou com um protesto, em frente à prefeitura.

De acordo com a assessoria da prefeitura, as medidas da administração municipal têm como base o cenário epidemiológico. Foz do Iguaçu está enfrentando o agravamento dos casos de COVID-19 e por isso até o dia 15 de março as aulas presenciais estão suspensas. A decisão será reavaliada conforme o avanço ou não da pandemia.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu desta segunda-feira (08):