Helicóptero de Operações Aéreas é acionado e salva homem com infarto

O Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) realizou uma remoção aeromédica em Contenda, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na tarde de domingo (29). O paciente, que sofreu um infarto agudo no miocárdio, foi transportado até o Hospital do Rocio, em Campo Largo, já devidamente medicado e com menor risco de morte ou sequelas. O atendimento da aeronave foi solicitado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), após identificação da gravidade do caso.

De acordo com o comandante do BPMOA, tenente-coronel Julio Cesar Pucci, ainda nos primeiros minutos de atendimento ao paciente, a equipe médica do Batalhão realizou a estabilização clínica e a infusão do medicamento tenecteplase, indicado especificamente para o tratamento trombolítico do infarto agudo do miocárdio. “Praticamente levamos uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ao local e, com a aplicação deste medicamento, o paciente já chegou ao hospital com menos risco de falecimento ou mesmo de sequelas”, explicou o tenente-coronel.

Primeiro atendimento

O tenecteplase, fármaco utilizado já nos primeiros atendimentos, atua nos vasos como um anticoagulante específico para o coração e reduz tanto a mortalidade quanto as possíveis sequelas resultados do infarto. Com um custo de mais de R$ 6,2 mil, o medicamento é disponibilizado aos paranaenses por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Informações da Agência Estadual de Notícias