Aeroporto Internacional de Curitiba ganha iluminação especial pelo Setembro Verde

O Aeroporto Internacional de Curitiba, administrado pela CCR Aeroportos, recebeu nesta segunda-feira (26) iluminação verde. Essa é uma ação de apoio à campanha nacional Setembro Verde, mês dedicado à conscientização e incentivo para a doação de órgãos, tendo o dia 27 como Dia Nacional de Doação de Órgãos. A iluminação especial vai permanecer até o fim deste mês na fachada.

No Paraná, o Aeroporto Internacional de Curitiba e o Aeroporto do Bacacheri, também administrado pela CCR Aeroportos, são modais importantes para viabilizar a doação de órgãos no estado. A logística para transporte de órgãos é um dos principais desafios para garantir a doação, pois cada órgão e tecido têm um tempo limite diferente para que chegue até o receptor.

“Por exemplo, para o coração esse tempo é de quatro horas, então dependendo de onde está o doador e o hospital onde está o receptor não tem como efetivar esse transporte se não for por via aérea. A parceria com o Aeroporto Internacional de Curitiba e o Bacacheri são fundamentais para ajudar a salvar vidas”, explica o médico João Nicoluzzi, especialista em transplantes de órgãos do Hospital Angelina Caron (HAC).

Com mais de três mil órgãos transplantados em 22 anos, o Hospital Angelina Caron, localizado em Campina Grande do Sul, região metropolitana de Curitiba, é líder nesse ranking do Paraná.

“A média no Paraná é de 36 doadores a cada milhão de habitantes, quase o triplo da média brasileira, de 13 a cada milhão de habitantes. Mas ainda podemos melhorar esses números: pelo menos nove pacientes morreram por dia à espera de um transplante no primeiro trimestre de 2022, segundo relatório da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO)”, alerta Nicoluzzi.