Armazém da Família promove mutirão de cadastramento presencial em Curitiba

A Regional Bairro Novo, em Curitiba, receberá na quinta (4) e sexta-feira (5) o primeiro mutirão de cadastramento presencial para o Armazém da Família. O objetivo da ação é facilitar a adesão ao programa para pessoas que não têm acesso a meios digitais para fazer o cadastro. A regional fica na Rua Tijucas do Sul, 1.700, e os cadastros serão feitos na sala da administração.

Desde 2019 o cadastro no Armazém da Família é feito por autoatendimento on-line. O processo é realizado pelo portal do programa ou pelo aplicativo Curitiba App, no ícone Armazém da Família.

O mutirão é promovido pela Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional com a apoio da administração regional do Bairro Novo. Podem se cadastrar moradores de Curitiba com renda familiar de até 5 salários-mínimos.

Para fazer o cadastro, o interessado deve levar documentos de todos os membros da família ou de todos os moradores da residência.

A diretora do Departamento de Promoção e Economia Alimentar, Ivone Aparecida de Melo, lembra que o programa atende mais de um milhão de curitibanos que têm acesso às 35 unidades do programa.

“Mesmo com esses números expressivos muitas pessoas que precisam do programa não conseguem participar porque não têm acesso por meio on-line. Por isso a importância desta ação”, afirma a diretora.

Documentação necessária

Documentos de todos os membros da família, ou moradores da mesma residência:
– RG, CPF, carteira de trabalho obrigatória para maiores de 18 anos;
– Comprovante de renda (holerite ou contracheque) atualizado;
– Se for declarante de Dirf (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte) apresentar a Declaração de Ajuste Anual de Imposto de Renda, ou seja, a declaração completa com aproximadamente sete folhas;
– Se possuir CNPJ (empresa) deve apresentar a Declaração do Simples Nacional, Decore ou Declaração de Inatividade (DCTF);
– Se estiver recebendo Seguro Desemprego, apresentar comprovante;
– Se for aposentado/pensionista ou receber auxílio doença, apresentar demonstrativo de Crédito de Benefício do INSS (que pode ser obtido no caixa eletrônico de seu banco de recebimento), ou no site do INSS;
– Comprovante de residência em nome de um dos membros da família, com data de no máximo 3 meses. Pode ser conta de luz, água ou telefone, correspondência bancária, condomínio, correspondência de órgãos públicos, cópia do cadastro da unidade de saúde ou do Cadastro Único.
– Dos menores: Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade.

Armazém da Família

Os Armazéns têm produtos a preços em média 30% mais baixos que no mercado tradicional e são abastecidos com uma variedade de 350 produtos, como alimentos básicos e essenciais, produtos de limpeza e higiene pessoal, por um preço mais acessível.

Inaugurado em 1989 com a primeira unidade no Jardim Paranaense, hoje o programa conta com 35 lojas em Curitiba. Na Região Metropolitana, são 11 municípios que possuem unidades ou convênio para que seus moradores possam comprar na capital.

Os Armazéns da Família de Curitiba funcionam de terça a sexta-feira, das 9h às 18h; e no sábado, das 9h às 14h.

Informações da Prefeitura de Curitiba