Bebê que nasceu dentro de ônibus de Curitiba ganha nome do motorista; mãe não sabia da gravidez

O bebê que nasceu dentro de um biarticulado em Curitiba, nesta quarta-feira (14), ganhou seu segundo nome em homenagem ao motorista do ônibus. A criança vai se chamar Gustavo Isaías.

A mãe do bebê, Maria Cristiane Ferreira de França, 34 anos, é cozinheira de um hotel no bairro Batel. Ela afirmou no local que não sabia que estava grávida.

Naquele dia, ela foi trabalhar normalmente, mas começou a sentir dores na barriga. A dor não passou e ela decidiu ir para a UPA Boa Vista. E foi na linha Santa Cândida/Capão Raso que o pequeno Gustavo decidiu vir ao mundo.

O motorista do ônibus, Isaías Francisco Fernandes, contou como tudo aconteceu:

“Minha última viagem. Fui informado por um colega de trabalho que tinha uma passageira em trabalho de parto. Parei o veículo, fui dar os primeiros atendimentos. Quando cheguei lá eu perguntei o que estava acontecendo. Ela falou: ‘moço, parece que estou grávida’. Eu falei ‘como assim parece?’. Quando vi, o bebê saindo”, conta Isaías.

O motorista chamou o Samu. Na hora do parto, a mãe também foi auxiliada por uma enfermeira e uma estudante de enfermagem que estavam no veículo. Maria Cristiane falou sobre a surpresa: “Ele nasceu eu estava sentada, de roupa, calça comprida”, afirma. “Nem em sonho eu estava pensando em ter filho. Agora passou o susto”.

Um vídeo gravado por passageiros registrou o momento inusitado. Veja:

Maria Cristiane conta que não tinha barriga de grávida, nem sintomas. Ela já é mãe de uma adolescente de 12 anos e um menino de 10. Com a surpresa, ela não tem roupas nem outros objetos para cuidar do bebê em casa, mas já conta com apoio: “As meninas que trabalham comigo estão me ajudando. Vou precisar de bastante coisa”.

E o motorista Isaías ficou emocionado com a homenagem do nome: “Fiquei sabendo que a criança vai se chamar Gustavo Isaías. Muito obrigada, é uma honra para mim”.

Maria também agradeceu pela ajuda que recebeu: “Fico muito agradecida, eu estava sozinha dentro do ônibus”.

A mãe e o bebê estão bem e devem deixar o hospital nesta sexta-feira (16). “Ele vai ficar no hospital para ganmhar peso, até ter alta”, explica Maria Cristiane.