Curitiba ultrapassa quatro milhões de doses de vacina contra a covid-19 aplicadas

Curitiba ultrapassou nesta quinta-feira (24), a marca de quatro milhões de doses de vacinas contra a covid-19 aplicadas nos moradores – a soma de primeira e segunda doses, doses únicas e de reforço. Ao todo foram aplicadas 4.002.837 doses do imunizante desde que a cidade iniciou a imunização, em 20 de janeiro de 2021.

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba vacinou, até esta quinta, 1.690.218 pessoas com a primeira dose ou a dose única (Janssen) da vacina anticovid, o que corresponde a 86,7% de toda a população da cidade. Em relação à população completamente imunizada (com duas doses ou dose única), a cobertura chega a 78,2%.

Ao todo, foram aplicadas 1.651.442 primeiras doses e 1.485.715 segundas doses; 38.776 doses únicas; 826.904 doses de reforço (3ª e 4ª doses).

Vacinados com 18 anos ou mais

Entre a população com 18 anos ou mais, 1.427.535 receberam a primeira dose; 1.379.861 receberam a segunda dose; e 38.776 pessoas receberam a vacina em dose única.

Curitiba também está aplicando as doses de reforço para quem já completou o ciclo de imunização. Até esta quinta-feira, 820.525 pessoas receberam a dose de reforço (3ª dose) e 6.379 receberam a segunda dose de reforço (4ª dose).

Adolescentes e crianças

Até o momento, a SMS vacinou 126.315 adolescentes entre 12 e 17 anos. Destes, 101.385 já receberam também a segunda dose.

Curitiba também está vacinando crianças de 5 a 11 anos contra a covid-19. Até ontem, 97.592 crianças haviam recebido a primeira dose e 4.469 crianças receberam a segunda dose.

Doses recebidas

Até o momento, Curitiba recebeu do Ministério da Saúde, repassadas pelo Governo do Paraná, 4.251.243 doses de vacinas, sendo 1.749.456 para primeira dose, 1.604.297 para segunda dose, 38.975 doses de aplicação única e 858.515 doses de reforço. Nesse montante já estão contabilizados os 5% de reserva técnica.

A reserva técnica é uma medida de segurança, faz parte dos protocolos da logística e é necessária para evitar problemas no fluxo de imunização que possam ser causados por imprevistos eventuais, como a quebra acidental de frascos.

O município tem capacidade para vacinar mais de 30 mil pessoas por dia, já tendo aplicado 45,6 mil doses em um único dia, e o avanço do cronograma de imunização ocorre à medida que as doses são enviadas pelo Ministério da Saúde ao governo estadual, responsável por distribuir os lotes do imunizante aos municípios.