Foragido da Justiça é preso em operação de combate à receptação de materiais furtados

Um foragido da Justiça, com mandado de prisão em aberto pelo Distrito Federal por receptação de veículo roubado, foi preso nesta quarta-feira (8) em nova fase da Operação Retináculo. Desta vez, a operação que coíbe este tipo de crime foi feita na Cidade Industrial de Curitiba.

Nesta quarta, foram vistoriados quatro estabelecimentos comerciais de compra e venda de materiais recicláveis (sucatas e ferros-velhos). Os quatro comércios foram notificados pela Secretaria Municipal do Urbanismo por não terem alvará de localização e funcionamento. 

O foragido da Justiça foi encaminhado para a Delegacia de Vigilância e Capturas (DVC) da Polícia Civil. 

A operação conjunta foi comandada pela Secretaria Municipal da Defesa Social e Trânsito, com a Guarda Municipal e Departamento de Inteligência, e também envolveu as secretarias municipais do Urbanismo, do Meio Ambiente e da Educação, a Vigilância Sanitária e representantes da administração regional da CIC.

Guardas municipais do Núcleo Regional da CIC, do GOE (Grupo de Operações Especiais) e do GOC (Grupo de Operações com Cães) também participaram.

Combate ao crime

A Operação Retináculo tem como objetivo coibir o crime de receptação de materiais furtados que são patrimônio de Curitiba, como grades de bueiros, fiação elétrica, cabos de comunicação, tampas, floreiras e materiais do mobiliário urbano.

A primeira fase da Operação Retináculo foi feita no dia 1º de junho e resultou na prisão de dois homens pelo crime de receptação. 

Informações da Prefeitura de Curitiba