Líder comunitária do bairro Caximba é morta a tiros por homem encapuzado

Policias da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deram início às investigações

Uma mulher, de 42 anos, líder comunitária do bairro Caximba, foi assassinada com tiros na cabeça enquanto preparava refeições em uma associação de moradores, na tarde desta quarta-feira (28), em Curitiba. O crime aconteceu por volta das 14 horas.

Segundo a Polícia Militar (PM), um homem encapuzado entrou na cozinha e disparou diversas vezes contra Fabíola do Rocio Rebouças. O Corpo de Bombeiros chegou a ser mobilizado com apoio do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA), mas a vítima não resistiu antes de ser socorrida.

Policias da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deram início às investigações. Até o fechamento desta reportagem, o autor não havia sido encontrado. O corpo foi encaminhado ao IML de Curitiba.

(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Comoção

Os moradores do bairro Caximba, que conviviam com Fabiola, não souberam explicar o que pode ter motivado a morte da líder comunitária. Familiares e amigos prestaram homenagens à vítima nas redes sociais.

“Estou chocada com a notícia da sua morte. Gratidão por poder ter ido na comunidade e conhece-la pessoalmente. Guerreira, coração enorme, uma pessoa do bem.”, diz uma das publicações.