PCPR incinera mais de 3,5 toneladas de drogas em Curitiba

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) incinerou mais de 3,5 toneladas de drogas em Curitiba, entre julho e setembro deste ano. Entre os produtos incinerados estão maconha, crack, cocaína, ecstasy, LSD, MDMA e haxixe. As drogas foram apreendidas em operações realizadas pelos distritos da PCPR na capital. A estimativa é que renderiam cerca de R$ 17 milhões para o crime organizado.

Do total incinerado, a maior parte era maconha e cocaína, totalizando 2,5 toneladas e 148,6 quilos, respectivamente.

“As incinerações regulares refletem o trabalho das unidades policiais nas ruas, com a apreensão dessas substâncias”, afirma a delegada chefe da Divisão da Capital da PCPR, Maritza Haise.

Ela ressalta que a incineração também tem impacto na segurança e na liberação de espaço nas unidades, uma vez que são feitas de forma regular e impedem a estocagem de grandes quantidades por prazos alongados.

As destruições das drogas devem ser realizadas em, no máximo, 30 dias, contados da data da apreensão. A exigência está descrita na Lei federal 11.343/96.

As informações são da AEN.