UPA Boqueirão reabre para atendimento de urgência e emergência

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Boqueirão reabriu neste sábado (16/10) para atendimento exclusivo de urgência e emergência. A unidade estava funcionando exclusivamente como retaguarda do atendimento de covid-19, desde novembro de 2020.

“Esse é um momento feliz. Um momento de remissão da pandemia. A UPA Boqueirão volta a ser UPA, deixa de ser central de leitos de retaguarda para pacientes com covid-19. Nós saudamos com imensa alegria esse momento”, afirma o prefeito Rafael Greca.

CDA

A UPA Boqueirão reabre a partir deste sábado para atendimento de urgência e emergência num novo modelo chamado Circuito Diferenciado de Atendimentos (CDA), baseado no método de atendimento conhecido como “fast track”, modelo inglês que pode ser traduzido como rastreamento rápido do paciente. As principais vantagens estão na otimização do fluxo do paciente dentro do pronto atendimento, agilizando a realização de procedimentos.

A UPA Boqueirão é a segunda unidade de Curitiba a adotar o método. A primeira foi a UPA Pinheirinho, em março de 2019. Para atender neste novo modelo, a UPA Boqueirão passou por obras de readequação.

“O modelo foi implantado na UPA Pinheirinho com êxito e agora vimos a possibilidade, com a readequação física da UPA do Boqueirão, de ampliar para mais uma unidade. O CDA traz celeridade e eficiência no atendimento”, diz a secretária municipal da Saúde de Curitiba, Márcia Huçulak.

Fluxo

No modelo CDA, após identificação na recepção e triagem (conforme a classificação de risco), o paciente se dirige a um “box” em que receberá toda a assistência. O paciente, então, é atendido pelo médico neste local e, conforme a necessidade, pode receber medicação ou curativo, por exemplo, sem ter de se deslocar para outros setores.

A UPA Boqueirão contará com 211 funcionários, todos contratados pela Fundação Estatal de Atenção à Saúde (Feas), ligada à Secretaria Municipal da Saúde.