Vacina contra gripe é estendida a toda população em Curitiba; convocação é por faixa etária

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Curitiba abre, a partir desta terça-feira (24), a vacinação contra a gripe para a população em geral, com convocação por faixas etárias. O primeiro grupo a ser chamado é o das crianças e adolescentes entre 5 e 12 anos. E a partir da quinta-feira (26), podem receber a vacina contra o influenza (vírus da gripe) as pessoas entre 50 e 59 anos.

A ampliação para a população em geral é possível depois de Curitiba completar a convocação dos públicos-alvo prioritários da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo, do Ministério da Saúde.

A nova convocação chama primeiramente os grupos das faixas etárias mais próximas daqueles que têm maior vulnerabilidade imunológica (idosos e crianças pequenas). O escalonamento também oferece a segurança sanitária da aplicação das doses, evitando aglomerações nos pontos de imunização.

A vacinação será realizada em 106 Unidades de Saúde, das 8 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Confira os locais no site Imuniza JáRecomenda-se o uso de máscara dentro das Unidades de Saúde.

Adesão à campanha

A SMS também reforça a orientação para quem faz parte dos grupos prioritários: vacine-se contra a gripe. A priorização de públicos-alvo mais vulneráveis visa protegê-los de casos mais graves da gripe, que pode levar a internamentos e morte.

“Muita gente ainda não compareceu e esperamos que se vacinem o quanto antes. Os meses mais frios do ano estão chegando e é a época em que, historicamente, Curitiba tem maior incidência de pessoas adoecendo por doenças respiratórias. Quereremos preservar vidas e, para isso, o curitibano precisa fazer sua parte”, convoca a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella. 

Até a última sexta-feira (20), apenas 48,4% dos idosos com 60 anos ou mais haviam recebido a vacina contra a gripe. A porcentagem de imunizados para este grupo (o primeiro a ser chamado, no final de abril) em Curitiba é maior que a média nacional (42%), mas muito abaixo da meta da campanha, que é de 90% de imunizados. 

Em 2021, a adesão do curitibano à vacina da gripe também foi abaixo da esperada: 56,1%. Segundo o Instituto Butantan, fabricante da vacina contra influenza usada na Campanha, a baixa cobertura vacinal foi dos fatores que contribuiu para a epidemia da doença no Paraná no final do ano passado.

Além da imunização, é essencial que todos sigam com cuidados sanitários como manter os ambientes  arejados, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel. Em caso de tosse e espirro, proteger o rosto com apoio do cotovelo e não das mãos. O uso de máscara é recomendado em ambientes fechados ou nos ambientes abertos com aglomeração de pessoas. 

Cronograma vacinação contra a gripe

Segunda a sexta feira, da 8h às 17h

  • A partir de 24/5 (terça-feira): vacinação de crianças de 5 a 12 anos e repescagens;
  • A partir de 26/5 (quinta-feira): vacinação de Adultos de 50 a 59 anos e repescagens;

* repescagens: Devem procurar a vacina pessoas dos grupos prioritários que ainda não se vacinaram: caminhoneiros; pessoas com deficiências permanentes; idosos de 60 anos ou mais; crianças de 6 meses e 5 anos incompletos (4 anos, 11 meses e 29 dias); professores e trabalhadores do ensino; doentes crônicos; trabalhadores da Saúde; gestantes e puérperas (mães que tiveram filhos há até 45 dias); motoristas e cobradores do transporte coletivo; trabalhadores das forças de segurança e salvamento e das forças armadas (policiais federais, militares, civis e rodoviários; bombeiros militares e civis e guardas municipais).

Locais de Vacinação

A vacina contra a gripe é ofertada em 106 Unidades de Saúde, das 8h às 17h. Confira o local mais próximo no site Imuniza Já Curitiba.


Atenção:

  • Crianças de 6 meses a 5 anos incompletos e crianças com doenças crônicas podem procurar qualquer unidade, exceto a Unidade de Saúde Ouvidor Pardinho;
  • Pessoas com 12 anos ou mais podem procurar qualquer unidade, exceto a Unidade de Saúde Mãe Curitibana;
  • A vacinação de motoristas do transporte coletivo é feita nos locais de trabalho; profissionais de Saúde autônomos são vacinados na sede do Coren-PR (Rua Professor João Argemiro Loyola, 74, Seminário, das 8h às 17h).

Informações da Prefeitura de Curitiba