Vigilante tenta perseguir ladrões e acaba atropelado por caminhonete

Um rapaz de 26 anos que trabalha como segurança de um clube do bairro Rebouças, em Curitiba ficou gravemente ferido ao ser atropelado por uma caminhonete na madrugada desta quarta-feira (11). O motorista responsável pelo acidente fugiu sem prestar socorro e ainda não foi identificado oficialmente.

A vítima do atropelamento se chama Aleanderson Cunha Fernandes e tinha acabado de perseguir dois bandidos que tentavam invadir um terreno que está à venda na rua Brigadeiro Franco. Ele se armou com um pedaço de madeira e tentou ir atrás dos ladrões, que acabaram fugindo.

Quando o vigilante retornava para o clube onde trabalha, na rua Brigadeiro Franco, o motorista de uma Hilux jogou o veículo contra o trabalhador e fugiu sem prestar socorro. Outras duas pessoas que acompanhavam o segurança conseguiram escapar por pouco de também serem atingidos pelo veículo.

A vítima sofreu traumatismo craniano, fraturou a perna direita e teve escoriações por todo o corpo. Além disso, ele também sofreu um tipo de amnésia e não se lembrava de ter sido atropelado. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Cajuru.

A Polícia Civil investiga o caso e deve buscar câmeras de segurança para esclarecer o crime.

Colaboração Iverson Vaz/Rede Massa.