Paranaense é principal suspeito de matar esposa e filha no Japão

A polícia japonesa está em atrás de um paranaense de 33 anos suspeito de matar a facadas a esposa e a própria filha na cidade de Osaka. Anderson Barbosa era casado com Manami Arakami, de 29 anos, e tinha uma filha de 3 anos. As duas foram encontradas mortas dentro do apartamento da família.

Anderson é natural de Londrina e é considerado o principal suspeito de ter cometido a barbárie. As vítimas tinham perfurações em órgãos vitais e a mulher ainda apresentava sinais de agressões no rosto.

A polícia foi acionada depois que os pais de Manami ficaram preocupados por não conseguir entrar em contato com a filha e o genro. A polícia foi até o apartamento da família e encontrou a porta fechada. Os agentes conseguiram entrar após quebrarem janelas. As duas estavam no mesmo quarto já sem sinais vitais.

Até a publicação desta matéria, não havia informações sobre o paradeiro de Anderson e nem a confirmação de que ele seria mesmo o autor dos assassinatos.

Colaboração Tribuna da Massa Londrina.