Motoboys se reúnem no Centro de Curitiba em protesto após morte de entregador

Mais de 80 motociclistas se concentraram na Avenida Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba, no início da tarde desta segunda-feira (10), durante um ato de protesto para pedir justiça pela morte do entregador Rafael Ribeiro Pinto, de 34 anos. O acidente aconteceu na madrugada de domingo (9) exatamente no ponto onde o grupo realizou a manifestação pacífica.

Com capacetes no chão, os motociclistas escreveram ‘paz’, na pista sentido o bairro Batel, e fizeram uma oração pelas vítimas do trânsito, principalmente aos colegas que perderam a vida somente este ano.

Reprodução/Rede Massa
(Foto: Reprodução/Rede Massa)

Após o protesto, os motociclistas liberaram a avenida e saíram em comboio em direção à Praça Carlos Gomes.

O acidente

Um dentista, que ocupava um Renault Sandero, furou o sinal vermelho e atingiu o motoboy, Rafael Ribeiro Pinto, no cruzamento das avenidas Marechal Floriano Peixoto e Visconde de Guarapuava, no Centro de Curitiba. A vítima, que trabalhava em uma pizzaria, morreu na hora.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o motorista, identificado como Antônio Roberto Luzzi Filho, de 26 anos, estava com sinais visíveis de embriaguez. Depois do acidente, o condutor do veículo fez o teste do bafômetro e o equipamento registrou 0,54 miligramas de álcool, o que já caracteriza crime de trânsito.

Ele foi levado pela Polícia Militar para a Delegacia De Delitos de Trânsito (Dedetran) e deve responder por dirigir embriagado.

Investigação

Em entrevista à Rede Massa, o delegado da Dedetran, Leonardo Carneiro, disse que o motorista está à disposição da Justiça e que teria confessado que retornava de uma festa e furado o semáforo vermelho.

“O motorista do veículo Sandero teria informado ao perito do Instituto de Criminalística que ele passou no sinal vermelho. Isso, aliado ao fato de ele estar conduzindo o veículo sob influência de álcool e ter gerado um óbito, fez com que ele fosse autuado em flagrante pelo crime de homicídio na direção de veículo automotor qualificado pela embriaguez”, disse.