Operação Ágata amplia combate aos crimes de fronteira no oeste do Paraná

O Comando do 8º Distrito Naval iniciou a Operação Ágata na região oeste do Paraná, na segunda quinzena de junho. A operação foi deflagrada partir das sedes da Capitania Fluvial do Rio Paraná (CFRP) e Delegacia Fluvial de Guaíra (DelGuaíra). As ações têm o propósito de ampliar a presença do Estado na Faixa de Fronteira, conforme estabelecido no Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF).

A Operação Ágata começou nesta segunda-feira (21) e se estenderá até 29 de junho. O objetivo da ação é intensificar o combate aos crimes transfronteiriços nos rios da região oeste do Paraná. Em coordenação com outras forças de segurança, a CFRP estará presente nas fronteiras com a Argentina, no rio Iguaçu e com o Paraguai, no lago de Itaipu e rio Paraná, nas regiões entre Foz do Iguaçu e Guaíra.

A ação mobilizou um efetivo da Marinha do Brasil de 120 militares, 12 embarcações, dez viaturas e uma aeronave, com especial destaque para a embarcação blindada Poraquê. A operação é um incremento às ações de Fiscalização do Tráfego Aquaviário, por meio de inspeções navais e patrulhamento.