PF desativa dois laboratórios de fabricação de drogas no Paraná

A Polícia Federal (PF) informou, nesta quarta-feira (27), que fechou dois laboratórios clandestinos responsáveis pela produção de drogas sintéticas na região metropolitana de Curitiba, no Paraná. Segundo os agentes, um homem foi preso durante as operações, sendo identificado como o líder da prática criminosa.

Na ação foram apreendidos cerca de 14,8 mil comprimidos de ecstasy já prontos para consumo, além da droga conhecida como skunk – versão mais elaborada da maconha – e petrechos, como prensas e pinos de punção, usados na identificação dos comprimidos vendidos no mercado ilícito. 

Também foram apreendidos 800g de MDA, princípio ativo do ecstasy. A quantidade, conforme os agentes, seria suficiente para produzir, ainda, ao menos mais 8 mil comprimidos da mesma droga sintética. No total, 30 mil unidades de drogas produzidas pelos laboratórios foram tiradas de circulação.

Informações de SBT News