Por protagonizar a luta contra a pandemia, profissionais da saúde são homenageados na Alep

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) participou na noite desta segunda-feira (25) de uma sessão solene na Assembleia Legislativa do Paraná em comemoração ao Dia Estadual de Valorização dos Profissionais da Saúde. O foco da homenagem foi o papel fundamental deles no combate à pandemia. No evento, 38 profissionais de diferentes áreas médicas receberam um diploma de menção honrosa.

A coordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesa, Acácia Nasr, destacou a importância desse trabalho diário, especialmente nos últimos dois anos. “A organização e a dedicação dos servidores da saúde permitiram que o enfrentamento à pandemia fosse efetivo, mesmo nos dias mais duros. Desde o alinhamento em relação aos cuidados não farmacológicos até as campanhas de vacinação que alcançaram os braços paranaenses em todos os 399 municípios, nada seria possível sem o esforço destes grandes profissionais”, afirmou.

A homenagem, proposta pelo deputado estadual Michele Caputo, ressaltou o desempenho dos gestores no enfrentamento ao coronavírus, além daqueles que atuaram na linha de frente.

“Houve um esforço coletivo da sociedade civil para o combate à Covid-19. No entanto, é preciso destacar que, na linha de frente, as pessoas que estiveram combatendo o vírus diariamente com a aplicação de vacinas, realização de testes e diagnósticos, foram os profissionais da saúde. Por isso, propus essa homenagem a todos esses heróis anônimos que salvaram e continuam salvando incontáveis vidas”, ressaltou o deputado.

O diretor-geral da Sesa, Nestor Werner Junior, também recebeu a homenagem. “É emocionante. Depois de dois anos de trabalho interrupto ter esse reconhecimento. Poder estar aqui em nome de todos os trabalhadores é uma honra. Hoje, temos bons números no País, mas a pandemia não acabou. Para que possamos representá-los aqui, continuamos o trabalho”, reforçou.

O presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Ivoliciano Leonarchik, reforçou o papel decisivo do Governo do Estado no cuidado das pessoas nos últimos anos. “O Paraná teve um papel diferenciado nesta luta, se preparando desde antes da confirmação dos primeiros casos de Covid-19 e se tornando um exemplo de gestão para o País. Hoje temos um cenário mais leve, e isso se deve justamente à seriedade com que toda a pandemia foi tratada”, realçou.

DATA – O Dia Estadual de Valorização dos Profissionais da Saúde, 26 de abril, é fruto da Lei 20.429/2020. A data, que passou a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Paraná, foi escolhida para marcar a perda da técnica em enfermagem Valdirene Aparecida Ferreira dos Santos, de Curitiba, primeira profissional de saúde do Paraná morta em decorrência da Covid-19. O óbito ocorreu no dia 26 de abril de 2020.

PRESENÇAS – Fizeram parte da mesa na homenagem Charles London, presidente da Federação das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Beneficentes do Estado do Paraná (Femipa); Luiz Rodrigo Schruber, vice-presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviço de Saúde no Estado do Paraná (Fehospar); Patrícia Rossafa Branco, presidente do Conselho de Fisioterapia e Terapia da 8ª Regional de Saúde; e Cristine Paschenda, conselheira do Conselho Estadual de Saúde (CES).

Informações AEN