Rodovia de Bituruna será bloqueada para obras que corrigem problemas das chuvas

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) inicia na próxima quarta-feira (16), a partir das 10h, as obras de correção do pavimento no km 473+300 e no km 487+900 da Rodovia Engenheiro Tancredo Benghi (PR-170), entre Bituruna e o acesso para a Usina Governador Bento Munhoz da Rocha Netto, no Sul do Estado.

Os dois segmentos apresentam ruptura em arco junto ao bordo externo da pista, problema já observado em anos anteriores no trecho, causado pelo acúmulo de água no maciço rochoso sob a rodovia. Esse tipo de dano pode resultar em ruptura total da pista.

A solução definida pelo DER/PR prevê a demolição do pavimento nos locais, escavação do aterro até o topo rochoso e regularização do mesmo, implantação de novos dispositivos de drenagem e bueiro para lidar com as águas da chuva, além de execução de novo pavimento e sinalização horizontal.

Para realizar os serviços será necessária a interrupção total do tráfego de veículos no trecho, enquanto durarem as obras, até maio de 2023. Usuários do trajeto Guarapuava – Bituruna podem utilizar como alternativa a Rodovia Transbrasiliana (BR-153), via Irati ou Paulo Frontin.

O investimento será de R$ 2.281.653,44 no km 487+900 e de R$ 5.374.235,71 no km 473+300, totalizando R$ 7.655.889,15 para garantir a segurança dos usuários da rodovia no trecho.

Os serviços foram contratados emergencialmente, devido à natureza dos danos no pavimento e ao decreto de situação de emergência em Bituruna, motivado pelo longo período de chuvas.

As informações são da AEN.