Médica grávida morre vítima de COVID-19

A médica de 36 anos e o bebê de cinco meses não resistiram as complicações da doença e vieram a óbito

A médica Carmela Louro Caneppa, de 36 anos de idade, não resistiu as complicações da doença e veio a óbito. Ela estava grávida de cinco meses e estava hospitalizada havia vários dias na policlínica São Vicente de Paula, em Francisco Beltrão.

Carmela atuava no município de Santo Antônio do Sudoeste, ela é filha do médico João Caneppa e da professora Neuza Caneppa, ambos também falecidos vítimas de complicações da COVID-19.

O sepultamento o ocorreu na manhã deste domingo, após cortejo fúnebre pela cidade que teve saída do trevo da avenida Caxias do Sul em direção ao Cemitério Municipal de Planalto.

Veja mais detalhes sobre este caso na reportagem completa do Tribuna da Massa Foz do Iguaçu desta segunda-feira (19):