Serviços do Ecoponto de Maringá são interrompidos após incêndio; suspeita é de ato criminoso

Imagens de câmeras de segurança podem ajudar a identificar o suspeito

A Secretaria de Meio Ambiente e Bem-Estar Animal e a Guarda Municipal de Maringá, no noroeste do Paraná, acionaram o Corpo de Bombeiros na noite desta terça-feira (27) para controlar as chamas de um incêndio, no Ecoponto do Jardim Piatã. O fogo atingiu apenas um dos contêineres de 12 metros e materiais que haviam sido descartados no local. Não houve vítimas.

O Secretário do Meio Ambiente e Bem-Estar Animal, Marco Antônio Azevedo, e o secretário de Segurança, Ivan Quartaroli, chegaram rapidamente ao local. Eles constataram que uma câmera de segurança do Viveiro de Flores Piatã, ao lado do Ecoponto, flagrou uma pessoa ateando fogo nos materiais depositados no barracão. As imagens serão encaminhadas aos órgãos competentes para investigação do caso. Devido ao incêndio nas instalações, os serviços de recebimento de recicláveis e inservíveis neste local estão suspensos temporariamente. 

O Ecoponto do Jardim Piatã é mais uma ação sustentável da Prefeitura de Maringá para destinação correta de resíduos, responsabilidade individual sobre o lixo produzido e geração de renda às cooperativas.

São contêineres de 12 metros, com repartições para cada material, que recebem recicláveis e inservíveis, como eletrônicos, resíduos de construção civil e volumosos (móveis, sofás, colchões). Os resíduos coletados são encaminhados para a destinação adequada.

Informações da Prefeitura de Maringá