Operação da PF combate grupo que enviava drogas pelo aeroporto de Guarulhos

Desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira (19), a Polícia Federal (PF) faz uma operação em combate ao tráfico internacional de drogas envolvendo funcionários do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. 

Cerca de 100 agentes da PF cumprem 23 mandados de prisão preventiva e 24 de busca e apreensão nos municípios de São Paulo, Sorocaba, Guarulhos e Praia Grande. Um dos mandados é cumprido em Portugal.

Foi determinado também o sequestro de todos os bens imóveis, veículos e valores depositados em contas bancárias, aplicações financeiras em nome dos investigados. Os recursos chegam a aproximadamente R$ 53 milhões. 

A investigação começou em 2021 e teve 887,5 kg de cocaína apreendidas em nove eventos, sendo três em Guarulhos (SP), dois em Lisboa em Portugal, um em Frankfurt, Alemanha, e três em Amsterdã, na Holanda.

Segundo a polícia, a organização criminosa tinha uma divisão de tarefas e responsabilidades. Os voos que partiam do Aeroporto Internacional de Guarulhos levavam cocaína em aeronaves comerciais. Funcionários e prestadores de serviços eram aliciados para o envio das cargas. 

Toda operação foi denominada como Bulk, que é um dos compartimentos de carga de aeronaves comerciais de longo curso (bulk cargo), que fica localizado no porão