UPA de Ponta Grossa enfrenta dificuldades para transferir pacientes

A Tribuna da Massa conversou com o presidente da Fundação Municipal de Saúde para falar sobre essa questão

A Prefeitura de Ponta Grossa confirmou que o serviço está sobrecarregado na UPA Santa Paula, que atende, em média, de 250 a 280 pacientes que apresentam sintomas respiratórios.

A UPA precisa transferir pacientes para outros hospitais, mas está tendo dificuldades nesse processo. A prefeitura busca soluções para “desafogar” esse grande fluxo de pessoas.

A Tribuna da Massa conversou com o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Rodrigo Manjabosco, para falar sobre essa questão.

Veja a entrevista no Tribuna da Massa Ponta Grossa desta segunda-feira (01):