Aplicativo do TSE já recebeu mais de 24 mil denúncias de irregularidades

O aplicativo Pardal, desenvolvido pelo TSE, já recebeu mais de 24 mil denúncias de irregularidades nas campanhas eleitorais deste ano.

De 19 a 25 de setembro foram 1.025 denúncias recebidas por dia pelo aplicativo. São acusações que vão desde propaganda irregular até tentativa de compra de voto. Até agora, cerca de 26% das denúncias do Pardal se tornaram processos judiciais.

“Você aumenta a participação do eleitor em relação à eleição, porque um eleitor que denuncia é um eleitor que fiscaliza, e um eleitor que fiscaliza é um eleitor que de alguma forma participa, e isso é bom para a democracia”, afirma o advogado e professor Alexandre Rollo. 

O aplicativo do TSE é gratuito e apresenta orientações sobre o que é permitido nas campanhas e quais atos são crimes eleitorais. Munido de informações, o eleitor pode fazer sua denúncia. O relato deve estar acompanhado de provas, que podem ser fotos, áudios ou vídeos. No próprio aplicativo, o eleitor acompanha o andamento do caso.

Campanhas para deputados federais e estaduais são as mais denunciadas. Eleitores da região sudeste são os mais ativos.

Comprova

É na palma da mão que os eleitores também checam informações. O aplicativo do Projeto Comprova, que reúne 43 veículos de comunicação, entre eles o SBT, verifica se são verdadeiras as informações divulgadas durante a campanha.

“Ele traz todas as verificações que estão sendo feitas, que estão sendo publicadas, mas traz também dicas pra não cair na desinformação. O aplicativo ajuda bastante na medida em que está na mão das pessoas e elas podem acessar a todo momento”, afirma Sérgio Lüdtke, editor do Projeto Comprova.

Informações de SBT News