SBT realiza debate entre candidatos à Presidência neste sábado

A pouco menos de uma semana para as eleições, candidatos à Presidência da República participam do debate do SBT a partir das 18h15 deste sábado (24).

O debate terá quatro blocos e contará com a mediação do jornalista Carlos Nascimento. Outros seis jornalistas, representando cada um dos veículos de comunicação participantes, farão perguntas aos candidatos ao longo das discussões.

A posição dos candidatos no estúdio e a ordem das perguntas foram definidas por sorteio, na segunda-feira (19). Simone Tebet (MDB) será a primeira a perguntar, enquanto Jair Bolsonaro (PL) será o segundo.

O evento é produzido por diversos veículos de comunicação. Além do SBT (com Marcelo Torres), também estará presente a CNN Brasil (com Mácio Gomes), Estadão (com Marcelo Godoy), Rádio Eldorado (com Carolina Ercolin), Revista Veja (com Clarissa Oliveira), Rádio Nova Brasil (com Diego Amorim) e Portal Terra (com Joice Berth e Tatiana Farah).

Como acompanhar o debate

É possível acompanhar o debate pela televisão. Também haverá transmissão pelo canal do SBT News no YouTube.

Regras da discussão

O candidato que perguntar terá direito a réplica; o que responder poderá fazer a tréplica. No estúdio, haverá um púlpito reservado a cada um dos candidatos convidados para o debate, de acordo com o que determina a legislação eleitoral. O não comparecimento do candidato convidado será informado pelo mediador na abertura de cada um dos blocos.

Os políticos serão informados do tempo decorrido em cada participação por meio de um cronômetro no centro do estúdio. Em caso de não respeito ao tempo, o mediador interromperá a fala do candidato, dando prosseguimento ao debate.

Durante pergunta, resposta, réplica, tréplica, comentário e consideração final, o candidato que se sentir ofendido poderá pedir para se defender no tempo adicional de um minuto. O pedido de resposta à ofensa será dirigido ao mediador no momento em que esta ocorrer ou ao final da fala do candidato que a proferiu.

Um corpo jurídico formado pelos promotores do debate vai definir se houve citação que justifique o direito de resposta. Serão entendidas como ofensa às ocorrências de calúnia, injúria ou difamação. O direito de resposta será exercido a qualquer tempo dentro do bloco em que foi solicitado ou no início do seguinte, caso o pedido seja feito no fim do bloco em curso.

Candidatos

Até o momento, a presença de seis candidatos foi confirmada: Jair Bolsonaro (PL), Ciro Gomes (MDB), Simone Tebet (MDB), Soraya Thronicke (União), Felipe d’Ávila (Novo) e Padre Kelmon (PTB). O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou que não comparecerá, alegando que já estava com compromissos marcados.

Informações do SBT News