Casos de varíola dos macacos saltam para 780 no mundo

A doença comumente conhecida como varíola dos macacos segue avançando em todo o planeta. A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, neste domingo (5), que, atualmente, há 780 casos confirmados. O número representa crescimento de mais de 200% no intervalo de uma semana.

No último boletim epidemiológico a respeito, divulgado exatamente há uma semana, a OMS trabalhava com 257 confirmações e 120 suspeitas. No relatório tornado público hoje, a entidade, no entanto, fez questão de enfatizar que o número de agora leva em consideração o período de 13 de maio a 2 de junho – e não conta os países africanos onde a doença é considerada endêmica.

“A repentina e inesperada aparição de varíola dos macacos simultaneamente em variados países onde a doença não é endêmica sugere a possibilidade de transmissão desconhecida já por algum tempo, seguida de eventos recentes que espalharam o vírus”, afirmou a OMS em seu mais recente boletim.

Fora da África, casos de varíola dos macacos foram registrados em 27 países. Nesses lugares, nenhuma morte em decorrência da doença foi registrada até o momento, afirma a OMS. No continente africano, contudo, 66 óbitos já ocorreram desde o começo do ano, sendo 58 somente na República Democrática do Congo.

Informações de SBT News