Médico e paciente se agridem com cadeiradas em unidade de saúde; vídeo

Um médico e um paciente se agrediram, com cadeiradas, na porta de uma unidade de saúde de Luziânia, em Goiás. O tumulto teria começado quando o médico se negou a entregar um remédio ao paciente por causa da receita vencida.

O paciente, que aparece de camiseta amarela nas imagens, está do lado de fora do prédio, quando o médico sai e arremessa uma cadeira contra ele. Depois de ser atingido, o paciente se dirige à UBS para revidar a agressão. Um homem tenta contê-lo.

O médico retorna segurando outra cadeira, e os dois trocam cadeiradas na porta da unidade. O médico tenta se defender: se afasta e corre para se proteger. Segundo o secretário municipal de Saúde, as agressões teriam começado após o paciente não conseguir trocar uma receita e ofender funcionárias. 

“A diretora chegando até esse paciente, ele ainda se mantinha numa postura muito agressiva. Nosso médico, preocupado com a segurança das colegas, foi interceder por elas, olhou pro outro lado e o paciente deu um soco no rosto do médico, nosso profissional pegou uma cadeira pra se defender”, afirma o secretário Gonçalo Henrique.

Ainda de acordo com o secretário, exames mostraram que o médico lesionou um tendão da mão com as cadeiradas. Ele vai passar por cirurgia e ficar afastado do trabalho. A conduta dos profissionais da unidade no episódio será investigada. O caso foi registrado na polícia como lesão corporal.

“Nesse caso, o crime seria o de lesão corporal de natureza grave, cuja pena é de reclusão de 1 a 5 anos”, afirma o delegado George Nogueira. O paciente não foi encontrado para dar sua versão sobre a briga.

Informações de SBT News