Confira o que é o Lighting design: novo conceito em decoração do momento

Estação da Luz – São Paulo/SP. Igreja da Pampulha – Belo Horizonte/MG. Museu de Arte Contemporânea – Niterói/RJ. Han Show Theatre – Wuhan/China. Memorial Nacional do 11 de Setembro – Nova Iorque/EUA. Provavelmente você deve estar se perguntando: “o que esses locais têm em comum?”.

A resposta é: todos têm, em seu projeto arquitetônico, um bom projeto luminotécnico.

Fato é que, independentemente do lugar, uma boa iluminação é essencial para quem pensa em ter um ambiente claro e agradável. Seja para proporcionar funcionalidade a um determinado local, seja para realçar um ou mais objetos, não importa: o lighting design (desenho de iluminação) vem ganhando evidência na arquitetura de casas e empresas. Prova disso é o aumento da procura pela prática, cujo objetivo não é somente deixar os espaços bonitos esteticamente, mas sim privilegiar algumas áreas, ocultar outras e focar naquilo que realmente merece destaque.

Quem conta é o promotor técnico de iluminação, Roosevelt Freitas, que está à frente dos estudos luminotécnicos decorativos na Reymaster Materiais Elétricos. A empresa atua na área de iluminação profissional para residências, comércios, indústrias e grandes estabelecimentos há mais de 3 anos e conta com a experiência de um engenheiro expert em lighting design à frente dos trabalhos. “Tudo começou em 2019, quando a Reymaster começou a prestar serviços de iluminação decorativa para residências, espaços de lazer, salas de reunião e fachadas”.

O projeto mais recente que explica muito bem esse “casamento” é o da Paróquia Bom Jesus, no bairro Cabral, em Curitiba/PR: “Trata-se de um estudo de muita responsabilidade já que a Igreja tem um papel muito importante na cidade devido à sua importância histórica”, explicou Roosevelt. “Nosso pensamento foi dar ainda mais relevância à arquitetura da igreja, apostando nos equipamentos LED com alta eficiência e grande capacidade de reprodução de cor, os quais substituem as lâmpadas metálicas, cujo consumo era extremamente elevado. Além disso, no quesito estética, por ser uma construção em estilo eclético com predomínio neogótico, demos prioridade na ênfase aos detalhes, principalmente à fachada e às duas torres”.

O programa utilizado para o desenvolvimento do projeto foi o DIALUX, mais apropriado a este tipo de trabalho, segundo Roosevelt, pois proporciona uma resposta mais assertiva para as potências de energia, bem como graus de abertura, posição dos equipamentos e apresentação do estudo luminotécnico.

Todas as propostas luminotécnicas realizadas pela Reymaster seguem as normas vigentes emitidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).