Etiqueta no trabalho remoto: 5 atitudes a serem evitadas durante uma reunião online

Com a pandemia da Covid-19, muitas teorias que cercavam o mercado de trabalho foram postas à prova. A principal delas, talvez, diz respeito à produtividade no home office: hoje, não há dúvidas de que o modelo de trabalho remoto funciona. De tendência iminente, esse formato se tornou realidade máxima nas empresas brasileiras e tem tudo para continuar no pós-pandemia. 

Uma pesquisa realizada pela Microsoft com mais de 30 mil profissionais do mundo todo constatou que 70% deles desejam que a opção de trabalho remota se mantenha. E mais: 46% dos trabalhadores pesquisados admitiram que mudar de cidade é uma possibilidade agora que podem trabalhar remotamente. A própria Microsoft revelou que as reuniões via Teams, app da empresa para gerenciamento de equipes e comunicação corporativa, cresceram 500% no início da pandemia.

De acordo com Bruna Borges, Analista de Desenvolvimento Humano na DISYS Brasil, multinacional que conta hoje com aproximadamente 70% dos colaboradores no modelo de trabalho remoto, a produtividade no home office está diretamente ligada a um processo que se tornou bastante comum: a reunião online. 

Isso porque algumas atitudes durante a call, segundo ela, podem desviar o foco da reunião, prolongar o assunto que poderia ser concluído em minutos e até demonstrar falta de profissionalismo do colaborador.

A seguir, a profissional lista 5 atitudes para evitar durante uma reunião online.

1: Se ausentar da call sem justificativa: tudo bem que estamos em casa, mas se a reunião fosse presencial, você levantaria e sairia da sala para atender ao telefone? O raciocínio, aqui, deveria ser o mesmo. “Devemos ter responsabilidade e consideração com os demais participantes de uma reunião. Se houver algum imprevisto, procure avisar antes”, orienta Bruna. Isso vale para uma entrega programada, por exemplo. Que tal avisar o porteiro ou o familiar que mora com você antes de entrar em reunião? 

2: Roupas inadequadas: evite aparecer na reunião de pijamas, sem camisa ou usando outras roupas inadequadas para o trabalho, como camisetas mais cavadas e trajes de banho. Essa conduta não só pode demonstrar falta de respeito com os colegas e com a equipe como também reflete negativamente na produtividade e no foco durante o home office – tem até estudo que comprova essa teoria. Em Enclothed Cognition (algo como Cognição do Vestuário, em português), os pesquisadores americanos Hajo Adam e Adam Galinsky conseguiram provar que a roupa influencia nosso estado mental e, consequentemente, o desenvolvimento das nossas atividades diárias. Vale sempre se questionar: “se a reunião fosse presencial eu estaria vestido assim?”.

3: Testar os equipamentos em cima da hora: câmera, microfone e outras ferramentas necessárias para a reunião online devem ser testadas com antecedência. Essa atitude parece óbvia, mas muita gente deixa para testar tudo em cima da hora e acaba atrasando ou criando ruídos na reunião online. Além de agilizar a call, essa dica demonstra que você se preparou para a ocasião e que respeita o tempo e a disponibilidade dos outros participantes.

4: Comer durante as reuniões: com exceção daqueles encontros online que têm como objetivo a confraternização, comer em frente à câmera é outra atitude que pode indicar certo desleixo com os colegas, além de desviar a atenção de todos na reunião. “Os participantes podem entender que você não está levando a sério esse compromisso online”, acrescenta Bruna. Caso a videoconferência se estenda por horas, a dica é pedir licença aos colegas para comer algo, mantendo a câmera ligada e o microfone mudo, sempre. O que nos leva à dica número cinco.

5: Deixar o microfone sempre ligado: cuidado com o microfone ativo o tempo todo. A regra geral é mantê-lo no mudo durante toda a reunião, ligando-o apenas quando for sua vez de falar. Dê preferência para espaços como o chat para fazer observações ou comentários. Seu microfone mudo evita que barulhos externos possam atrapalhar o andamento da reunião, assim como também previne possíveis gafes com os colegas de trabalho.

Informações da assessoria de imprensa