Como suplementos podem auxiliar praticantes de atividades físicas

Suplementos alimentares são uma forma de oferecer nutrientes, substâncias bioativas, enzimas ou probióticos em complemento à alimentação. Três tipos desses suplementos são muito conhecidos por atletas e pessoas que praticam exercícios físicos frequentes, são eles a palatinose, a creatina e a glutamina. Além de serem indicados para esses tipos de pessoas, eles também podem ser usados para trazer outros benefícios à nossa saúde.

Todos possuem como uma de suas funções fornecer energia ao nosso organismo. No caso da palatinose, por exemplo, que é um carboidrato inteligente de origem natural proveniente da modificação enzimática da sacarose obtida da beterraba, ele disponibiliza glicose de forma gradual devido sua lenta metabolização, auxiliando na recuperação da função muscular. É um produto livre de edulcorantes artificiais, lactose e glúten e que fornece energia por tempo prolongado.

Para a nutricionista da Equaliv, Adrienne Fortunato, “é muito importante que a indicação do uso desses tipos de produtos seja feita por um médico ou nutricionista, por serem indicados em sua maioria a pessoas que praticam exercícios físicos frequentemente. O uso diário desses suplementos precisa estar em equilíbrio com a necessidade de cada paciente e com os objetivos que ele deseja alcançar”.

Adrienne explica que o nosso corpo produz metade da creatina necessária e a outra parte deve vir da dieta. Originalmente a produção endógena de creatina ocorre no fígado e no pâncreas. Podemos encontrá-la também na alimentação, através do consumo de carnes vermelhas, ovos e peixes, porém por ser bastante sensível, pode ser perdida no calor da cocção dos alimentos. Neste sentido, a suplementação devesse necessária, uma vez que a creatina fornece energia para o músculo e favorece o desenvolvimento das fibras musculares, resultando no ganho de massa muscular, melhora do desempenho físico e diminuição do risco de lesões. “Apesar de produzida pelo organismo, é comum que atletas façam uso desse suplemento para melhorar a performance, porém, é importante que ela seja recomendada de acordo com as necessidades nutricionais e histórico de saúde da pessoa”, complementa Adrienne.

Outro suplemento bem conhecido é a glutamina. Ela tem sido usada para promover e manter a hipertrofia, melhorando a performance de atletas e pessoas que praticam exercícios físicos intensos em busca de grandes resultados. Essa substância nada mais é do que um aminoácido que pode ser encontrado nos músculos e que pode ser produzido a partir de outros aminoácidos, podendo ser encontrado em todo o organismo. Uma das principais funções da glutamina é contribuir para a nutrição e reparo de tecidos diversos (pele, unha, músculos, órgãos). Ainda contribui para melhor absorção dos nutrientes e serve como fonte de energia para as células do sistema imune, contribuindo para a multiplicação delas.

Importante sempre ressaltar que a indicação de qual o melhor suplemento alimentar entre os três que citamos, depende muito dos objetivos de cada pessoa e variam conforme a necessidade dela naquele momento. Por isso é necessário frisar a importância de consultar um especialista antes de sair usando medicamentos e suplementos por conta própria.