Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Curitiba, PR
Clima
25.1ºC
Massa News, notícias do Paraná e do Brasil

Idosos precisam redobrar atenção com a hidratação no calor

Redação

Redação

O verão é a estação mais quente do ano. Com dias mais longos e temperaturas elevadas, o calor se torna um convite para fazer reuniões com amigos, passeios ao ar livre, confraternizações e uma série de atividades de lazer, mas também exige atenção e cuidados com a população da terceira idade, principalmente quando o assunto é hidratação.

Foto: Pexels/ Anna Shvets

“Um idoso bem hidratado tem bom funcionamento do metabolismo, ganha na saúde digestiva, fortalece a saúde mental, aprimora a capacidade cognitiva e evita a incontinência urinária”, explica a professora Janaiara Moreira, coordenadora-adjunta do curso de Nutrição do Centro Universitário Integrado de Campo Mourão; graduação que em 2023 também será disponibilizada no formato semipresencial.

Ela explica que a pessoa responsável por cuidar do idoso precisa incentivá-lo a beber pequenas quantidades de líquidos regularmente, em vez ingerir grandes quantidades de uma única vez.

Quando não existe o hábito

Muitos idosos não criaram, durante a vida, o hábito de tomar água constantemente. Na terceira idade, a falta de hidratação acontece pela menor percepção da sensação de sede, o que diminui a ingestão de líquidos.

“Como no envelhecimento ocorrem alterações fisiológicas no estado nutricional, a desidratação é comum e pode apresentar complicações importantes nesta fase da vida. Podemos citar a presença de febre, infecção, vômitos ou diarreia, cálculo renal, coágulos sanguíneos, desmaios, mudança repentina de pulsação, pressão arterial reduzida, confusão mental, dentre outros problemas”, destaca a coordenadora.

Ela conta que é possível identificar a desidratação em sinais precisos do cotidiano, como na diminuição na produção de suor, na sensação de boca seca, na redução da elasticidade da pele e na urina com cor mais intensa.

“A urina precisa ter um aspecto claro. Se estiver amarelada, é sinal de que a pessoa necessita beber mais água. Mesmo que o idoso tenha resistência em se hidratar, é importante explicar os benefícios que a água traz para o corpo e a importância para a saúde como um todo”, esclarece a professora Janaiara Moreira,

Criando novos hábitos

Ainda que os idosos não tenham vontade de tomar água regularmente ou não sintam sede, a hidratação deve ser estimulada diariamente.

O consumo de água aromatizada, de chás e sucos de frutas naturais sem açúcares são excelentes opções para ajudar a criar esse hábito. A ingestão de frutas com caldo – como melancia, melão e laranja – água de coco e laticínios também contribuem.

“Apesar dessas bebidas contribuírem para o aporte diário de líquidos, a água filtrada na sua forma natural deve ser a maior fonte de hidratação. Estima-se que a necessidade hídrica diária de um idoso até 75 anos é de 30 ml por quilo de peso corporal. Para idosos acima de 75 anos, 25 ml por quilo. Portanto, beber água é um hábito que deve ser reforçado diariamente”, defende Janaiara.

Alimentação balanceada

Além da ingestão de líquidos, a alimentação balanceada também ajuda a manter a saúde dos idosos. Quem está na terceira idade tem o metabolismo mais lento e deve evitar comidas pesadas, carnes gordas, frituras, pizzas, massas em geral e qualquer outro alimento que tenha uma digestão demorada.

“Embora essas comidas sejam tentadoras, o idoso deve dar preferência às frutas, verduras, legumes, cereais integrais e carnes brancas. Manter a boa saúde dos idosos no verão é uma missão e toda família pode contribuir com essa atividade”, ressalta a professora do curso de nutrição do Centro Universitário Integrado.

Dicas para manter idosos hidratados

Água acessível

Coloque uma jarra com água e um copo próximo ao sofá, cama ou outros espaços da casa onde o idoso passa a maior parte de seu tempo. Isso evita o esquecimento e reforça o hábito da hidratação.

Mais que água

Por líquido, entenda-se água, sucos, chás, água de coco, leite. Sopa, gelatina e frutas ricas em água como melão, melancia, abacaxi, laranja e tangerina também funcionam. O importante é ingerir algum líquido a cada duas horas.

Bilhetinhos

Espalhe lembretes pela casa. Coloque um papelzinho escrito “beba água” e fixe-o no espelho do banheiro, na cozinha, ao lado da TV e do rádio.

Roupas leves

Em altas temperaturas, escolha roupas de tecidos naturais para o idoso usar. Elas são mais confortáveis e ajudam na transpiração.

Nada de caminhadas sob sol forte

Escolha sempre horários seguros para expor o idoso ao sol. Prefira antes das 10h e após às 16h. Use sempre protetor solar, chapéus ou bonés e leve junto a garrafinha de água.

Entre no grupo do Massa News
e receba as principais noticias
direto no seu WhatsApp!

Compartilhe essa matéria nas redes sociais

Ative as notificações e fique por dentro das notícias

Dá o play Assista aos principais vídeos de hoje
Colunistas A opinião em forma de notícia