Casemiro comemora união da Seleção e fala sobre final: “não se joga, se ganha”

Casemiro gostou da maneira como a Seleção Brasileira se comportou na vitória sobre o Peru, pela semifinal da Copa América. Nesta segunda-feira (5), o Brasil venceu por 1 a 0, com gol de Lucas Paquetá, mas foi o espírito demonstrado pela equipe que chamou a atenção do meia.

Dentro de campo, a Seleção mostrou a mesma união que carrega fora dele. E foi assim que chegou à sua quinta vitória em seis jogos na Copa América, garantindo uma vaga na grande decisão.

“Era um jogo típico da última final. Muito difícil, truncado. No primeiro tempo tivemos algumas oportunidades até para ampliar o resultado. No segundo tempo, foi mais difícil. Mas a equipe está de parabéns. Sólida atrás. Todo mundo se ajudando, todo mundo com o espírito de querer vencer. Esse é o espírito para ganhar títulos”, comentou Casemiro.

À espera do adversário da final, que sairá do confronto entre Argentina e Colômbia, a Seleção Brasileira terá quase uma semana para se preparar para a decisão. O grupo, que está há mais de um mês concentrado, tem superado a distância de familiares em prol de um grande objetivo, que é levantar a taça no Maracanã.

“É complicado (o tempo longe da família). Mas agora é mental. O mais importante é que agora é tudo. Agora é com o coração, é com tudo, porque final não se joga, final se ganha”, destacou.

Depois da vitória contra o Peru, a Seleção Brasileira viaja nesta terça-feira (6) para a Granja Comary, em Teresópolis, onde se prepara para a grande decisão. No próximo sábado (10), no Maracanã, o Brasil defende seu título da Copa América contra o vencedor da semifinal entre Argentina e Colômbia.