Com surto de covid-19, FC Cascavel pede adiamento da semifinal do Paranaense

Com um surto de covid-19 no elenco, o Futebol Clube Cascavel emitiu uma nota nesta segunda-feira (6) informando que pediu o adiamento do segundo jogo da semifinal do Campeonato Paranaense, marcado para as 15h20 desta quarta-feira (8). A bateria de exames realizada segunda mostrou que nove membros do time estão infectados, entre atletas e integrantes da comissão técnica.

“Dos 9 casos positivos para o novo coronavírus estão o técnico Tcheco, o fisioterapeuta Marcos Favero, o executivo de futebol Marcus Vinicius Beck Lima e Isaias Augusto, coordenador de futebol”, destaca o comunicado do time. Entre os atletas, o meio-campo Gama, que não jogou a partida de ida da semifinal do Paranaense, testou positivo na semana passada e segue isolado. “Já o volante Duda e o zagueiro Lucas testaram positivo nos exames que antecederam o jogo contra o Joinville pelo Brasileirão da Série D, e também estão de quarentena”, diz o clube.

Nos exames realizados nesta segunda, além dos membros da comissão técnica, testaram positivo para a Covid-19 o lateral-direito Libano e meio-campo Gimenes. Todos já estão isolados e são acompanhados pelo departamento médico do clube.

Além de todos os desfalques por covid, o FC Cascavel também não poderá contar com Robinho e Afonso, que cumprem suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, além de João Pedro, que não pode atuar devido a uma cláusula no contrato de empréstimo do Furacão, e do goleiro Orlando, que se recupera de uma lesão.

“O FC Cascavel entende que por se tratar de uma questão extraordinária, prejudicando o espetáculo juntamente com a competitividade do duelo a realização da partida deveria ser adiada”, diz a nota da Serpente Aurinegra, acrescentando que o clube “aceitou e acatou todas as orientações e determinações da Federação Paranaense de Futebol [FPF] que postergou por aproximadamente quatro meses a realização do jogo contra o Furacão, mesmo diante dos mais de 80 inscritos por parte do time da capital”.

A FPF já negou o pedido de adiamento, mas a diretoria do FC Cascavel entrou com recurso no Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná (TJD-PR) para tentar postergar o segundo jogo da semifinal. Até a publicação desta matéria, o TJD-PR ainda não tinha se manifestado sobre o pedido da equipe do Oeste.

O Paranaense estava previsto para acabar em maio, mas uma série de adiamentos impostos pela pandemia da covid-19, como a proibição de eventos esportivos em várias cidades do Estado, adiou a realização de diversas partidas. Quem sair do confronto pega o Londrina na disputa pelo título estadual.