Fora de casa, Atlético-MG bate o Remo por 2 a 0 e abre vantagem

Na noite desta quarta-feira (2), em jogo disputado no Baenão, em Belém, o Atlético-MG venceu o Remo por 2 a 0, pelo jogo de ida da terceira fase da competição.

Com o triunfo fora de casa, a equipe mineira pode até perder o segundo jogo por um gol de diferença para ficar com a vaga nas oitavas. Já o Leão precisa vencer por três gols de vantagem para garantir a classificação no tempo normal ou igualar o saldo de gols para levar a decisão para as penalidades. As equipes voltam a se enfrentar no dia 10, no Mineirão.

O jogo

O Remo até teve a primeira chance do duelo em cobrança de falta de Felipe Gedoz, aos três minutos. Mas quem mandou no jogo durante boa parte da etapa inicial foi o Atlético. Nacho Fernández, aos oito, e Mariano, aos dez, levaram perigo à meta do Leão. Já aos 14, depois de boa troca de passes, Nacho achou Hyoran em ótima condição para abrir a contagem no Baenão.

Depois do gol, os visitantes tiraram o pé do acelerador. E só voltaram ao ataque, aos 29 minutos, em mais uma finalização de Nacho Fernández. Do outro lado, o time da casa tentou responder com Marlon e Jefferson. Na sequência, a equipe mineira teve grande oportunidade com Hulk, aos 34 minutos, mas Vinícius se esticou todo para salvar o Leão. Só que já nos acréscimos, o Galo chegou novamente com Hulk, o atacante puxou contra-ataque em velocidade, invadiu a área e tocou para Nacho estufar as redes.

Após o intervalo, o Leão voltou melhor para o segundo tempo e o cenário do jogo mudou. Tentando diminuir a vantagem atleticana, os mandantes tiveram sua melhor chance, aos dez minutos, em cabeçada certeira de Lucas Siqueira, que só não foi parar no fundo da meta mineira porque Everson operou um milagre para evitar o gol. Sem conseguir transformar o domínio em gol, o Remo viu o Galo equilibrar as ações e quase marcar com Marrony. Mas o 2 a 0 seguiu no marcador até o apito final.

Informações da CBF.