“Este é o momento de Vinícius Júnior na Seleção”, afirma Rivaldo

Embalado com boas atuações no Real Madrid, Vinicius Júnior conseguiu bastante destaque nas últimas semanas pelos seus gols e assistências no Campeonato Espanhol e na final da UEFA Champions League. Rivaldo, embaixador da Betfair, se rendeu ao desempenho do jovem atleta brasileiro que trilha o caminho para disputar a sua primeira Copa do Mundo em dezembro, com a Seleção Brasileira.

“Sempre confiei muito no Vini Jr., desde quando ele foi para o Real Madrid em 2018. Depois de quatro anos ganhando experiência, ele foi ganhando seu espaço, fez uma grande temporada, foi campeão Espanhol e da Champions, se tornando um jogador muito comentado mundialmente.”

“Eu acreditava que, desde que se transferiu, já poderia ter jogado no time principal do Real Madrid, ele já estava preparado, mas preferiram colocar ele ainda nas categorias abaixo para ganhar mais condições de jogo”, complementa Rivaldo.

Perguntado sobre se Vini Jr. vai superar Neymar como jogador na Seleção Brasileira, Rivaldo acredita que o jovem atleta ainda tem muitos caminhos para percorrer. “A comparação com o Neymar ainda é difícil. Neymar tem mais experiência, mais bagagem e isso é importante. Ainda não é o momento do Vini Jr superar o Neymar, isso vai ser algo natural pela idade, pelo tempo. 

“Vini Jr tem 21, são 9 anos de diferença, ele está chegando pouco a pouco e se continuar como está terá muitas oportunidades para ser o jogador importante e badalado do Brasil. No momento, Neymar tem mais bagagem, ainda em idade boa, e é o jogador que todos esperam que possa trazer o título na Copa do Mundo.”

Finalizando o papo sobre Vinícius Júnior, Rivaldo acredita que o cria das categorias de base do Flamengo pode ajudar a Seleção Brasileira ao lado de Neymar. “O importante é o Vinicius Jr continuar como está e ajudar o Neymar na Copa. Ele pegou confiança e vai ser importante para a Seleção neste ano de Copa. No meu ponto de vista, Vini, com certeza tem espaço como titular e acho que o Tite não vai perder uma oportunidade dessas de ter um jogador no auge. Futebol é momento, e este é o momento de Vinicius Jr na Seleção”, finaliza o embaixador da Betfair.

Seleção Brasileira

A Seleção canarinho atuou na manhã desta quinta-feira (02) na goleada por 5 a 1 sobre a Coréia do Sul, e o craque da Seleção Brasileira não deixou de opinar sobre o Brasil nos testes pré-Copa do Mundo. “Não tenho dúvidas que o Brasil conseguirá vitórias nos próximos amistosos, a Coréia do Sul e Japão não são adversários fortes para vencer o Brasil. A Seleção vem embalada das Eliminatórias, eu acredito que o grupo que está participando dos amistosos quer mostrar muito trabalho, para garantir uma vaga no Mundial.”

Messi volta para o Barcelona?

Após a brilhante vitória da Argentina sobre a Itália por 3 a 0 na Finalíssima, torneio de jogo único que reuniu os campeões da Copa América e da Eurocopa. Mais uma vez a atuação positiva de Lionel Messi ocasionou boatos da volta do “pibe” argentino ao Barcelona por conta do presidente do clube catalão citar o argentino em entrevistas.

“Quase após um ano da saída do Messi do Barcelona, o presidente continua falando sobre ele e isso tem deixado o jogador desconfortável. Eu sou da mesma opinião que o Messi. O Messi já passou, assim como outros grandes jogadores também já passaram, o Presidente do Barcelona tem que focar no grupo que tem, focar em trazer novos jogadores, fazer contratações de peso.”

“O foco deveria ser no Barcelona de agora, como voltar a ser favorito nas competições, trazer nomes importantes, alegrar os fãs. Sabemos que a situação financeira do Barcelona não é muito boa, mas é preciso fazer sacrifícios e trazer grandes nomes e criar uma nova história no clube”, finaliza Rivaldo.

Raphael Veiga fazendo história no Palmeiras

Raphael Veiga vem batendo recordes em sua trajetória como profissional no Palmeiras. Líder técnico no clube, além de muitos gols (18) e assistências (7), o atacante tem posição de destaque em outras estatísticas no Alviverde: Ele é o atleta com mais gols em finais de campeonato (9) e o maior artilheiro do elenco em clássicos de São Paulo (12). Para Rivaldo, Veiga ainda pode sonhar com uma convocação para a Copa do Mundo.

“Eu acredito que o Raphael Veiga ainda tem chances de ir para a Copa. Cada semana que passa isso fica mais claro, estamos ficando mais próximos da Copa e o Tite já tem seu grupo praticamente definido, porém, no futebol, todo resultado é possível. Ainda tem campeonatos rolando e a temporada européia para recomeçar em agosto, Veiga tem que estar atento até um mês antes da convocação e fazer seu trabalho para tentar essa convocação na lista final”, analisou em entrevista para a Betfair.

“Sempre há desfalques, jogadores que se machucam ou que não iniciam uma temporada. O Raphael Veiga apareceu para o Tite com o grupo praticamente fechado, mas se ele continuar jogando o futebol que vem apresentando, manter o ritmo e não baixar a cabeça, ele tem grandes chances de convocação.”

Rivaldo compara as características de jogo de Raphael Veiga, com características com as dele, enquanto atleta: “Me encanta a maneira como ele joga, ele tem um pouco das minhas características. No Brasil, sabemos que é tudo muito difícil, muitos nomes bons, se o técnico convocar um, quem ele tira? É sempre uma briga para poder convocar todos, mas o Veiga tem que continuar focado que a oportunidade pode aparecer”, conclui Rivaldo. 

Palmeiras x Atlético Mineiro: Duelo de líderes

O confronto entre Palmeiras e Atlético Mineiro, no próximo domingo, no Allianz Parque, pode valer a liderança do Brasileirão. Com o Galo vivendo estabilidade e seu treinador sendo questionado de maneira mais contundente pela torcida e o Verdão recuperando os pontos perdidos no início do nacional, Rivaldo deu sua opinião sobre a partida entre o campeão da Libertadores e o campeão Brasileiro de 2021.

“Será um grande jogo, duas grandes equipes, brigando pela liderança do Brasileirão, é um jogo sentar na frente da televisão e assistir, mas nada se define aqui. O campeonato começou agora, ainda faltam 30 rodadas pela frente, o nosso campeonato nacional é difícil e é complicado saber quem vai ser o campeão logo no início, tudo muda de forma muito rápida.” 

“A liderança ainda vai mudar, veremos a briga pela primeira colocação entre uns cinco ou seis clubes, porque é longo e competitivo. Sem dúvida nenhuma, essa partida entre Palmeiras e Atlético-MG será um grande jogo, mas nada será decidido agora”, completa.