Flamengo pode superar artilharia na fase de grupos da Libertadores desde 2019

O Flamengo pode superar na noite desta terça-feira (24) a artilharia na fase de grupos da Libertadores desde o histórico título de 2019, conquistado sob o comando de Jorge Jesus. O Rubro-Negro já marcou 13 gols na competição e precisa fazer mais dois diante do Sporting Cristal, no Maracanã, para alcançar o feito. O jogo será às 21h30.

As chances são altas. Isso porque o Flamengo ainda não ficou sem balançar as redes por menos de duas vezes em um jogo na competição. O índice de gols marcados em casa é ainda maior: seis em dois jogos, sendo uma vitória por 3 a 1 e outra por 3 a 0.

  • Rodada 1: Sporting Cristal 0 x 2 Flamengo
  • Rodada 2: Flamengo 3 x 1 Talleres
  • Rodada 3: Universidad Católica 2 x 3 Flamengo
  • Rodada 4: Talleres 2 x 2 Flamengo
  • Rodada 5: Flamengo 3 x 0 Universidad Católica

Além do bom retrospecto em casa, o Flamengo conta com Gabigol, artilheiro do time na Libertadores ao lado de Everton Ribeiro, para balançar as redes. Motivação não falta ao centroavante, que vive jejum de gols no Brasileirão e quer se redimir no torneio continental, onde já marcou três vezes. O camisa 9 rubro-Negro ainda busca o topo da artilharia histórica do Brasil na competição. Com 26 bolas na rede, Gabigol é o segundo brasileiro com mais gols, atrás apenas de Luizão, que marcou 29.

Apesar de ter a chance de encerrar a fase de grupos com o maior número de gols desde o título de 2019, o Flamengo não possui representantes no “pódio” de artilheiros da Libertadores. Nesta temporada, Rafael Navarro e Raphael Veiga, ambos do Palmeiras, ocupam a primeira e a segunda colocação, com sete e seis gols, respectivamente. Em terceiro, com quatro gols cada, aparecem Augustín Rugel, do Estudiantes; Junior Sornoza, do Independiente del Valle; Martin Prost e Enrique Triverio, do The Strongest; Anderson Plata, do Tolima, e Juan Martín Lucero, do Colo-Colo.

Informações do SBT Sports