Lisca soma 24 partidas pelos últimos três clubes

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) – Lisca pediu o boné na Vila Belmiro e acumulou mais uma passagem relâmpago pelos últimos clubes pelos quais passou. No total, foram apenas 24 partidas somando os trabalhos por Vasco da Gama (12), Sport (4) e, agora, Santos (8). Nesta terça-feira (13), ele foi anunciado pelo Avaí para o lugar de Eduardo Barroca.

É o quarto clube em pouco mais de um ano, em um cenário que vem se repetindo. Lisca chega com declarações de carinho, dá início ao trabalho e, por um ou outro motivo, larga o barco pouco depois.

Mais que jogos ou resultados, Lisca também tem colecionado polêmicas por onde passa. No Vasco, por exemplo, elas vieram depois de sua saída, que aconteceu em setembro de 2021 após 12 jogos no comando.

Em entrevista ao canal do Duda Garbi, Lisca revelou o teor de uma conversa com a diretoria e disse que decidiu sair após não ter alguns pedidos atendidos.

“Eu cheguei e disse assim: ‘nós não vamos conseguir, precisamos fazer algumas trocas’, e eram trocas radicais, que eu precisava ter o respaldo. Eles [diretores] acharam que não era pertinente”, disse.

“Eu achei que as providências [da diretoria] não iam adiantar. Eu desacreditei”, acrescentou.

Em seguida, ao ser questionado pelo apresentador, Lisca deu a entender que cortar o zagueiro Leandro Castán era uma das medidas que ele teria pedido à diretoria:

“Era. Eu queria dar uma mexida boa”.

Já no Sport, a expressão ‘passagem relâmpago’ ganhou ainda mais sentido: foram apenas quatro jogos -e menos de um mês no cargo. Mais uma vez, Lisca saiu por opção, aceitando uma proposta do Santos.

Segundo apurou o UOL Esporte, o técnico aceitou a oferta do time alvinegro antes mesmo de seu jogo de despedida pelo Leão da Ilha, contra o Vila Nova, pela Série B. A notícia da saída de Lisca para o Santos revoltou a torcida do Sport na Ilha do Retiro, e o técnico acabou atingido por um copo que, segundo ele, continha urina.

Na Vila Belmiro, a passagem durou oito jogos. Lisca não conseguiu acertar o time e já vinha sendo criticado por parte da torcida. Na segunda-feira (12), alegou que não via evolução no time e optou por pedir demissão após menos de dois meses no comando do time.

Anunciado na terça pelo Avaí, Lisca comanda nesta quarta-feira (14) o seu primeiro treino no clube e fará a sua estreia no sábado (17), em jogo contra o Atlético-MG, na Ressacada, pelo Campeonato Brasileiro.

OS NÚMEROS RECENTES DE LISCA
Vasco: 12 jogos (4V, 1E e 7D)
Sport: 4 jogos (1V, 3E)
Santos: 8 jogos (2V, 3E, 3D)