“Nossa equipe tem a virtude de controlar o jogo sem a bola”, afirma António Oliveira

Em uma partida que foi eficaz e dominante no início, o Athletico soube controlar o adversário mesmo quando não teve a posse de bola. Para o técnico António Oliveira, esse é o resumo da atuação rubro-negra na vitória de 2 a 1 sobre o Fortaleza, neste sábado (3).

O treinador exaltou o desempenho dos atletas do Furacão diante de um grande adversário, que também aparece entre os primeiros colocados do Brasileirão.

“Todos os jogos são importantes e todas as vitórias dão e criam confiança. É o resultado do trabalho, do esforço e principalmente da união desse grupo fantástico. Os jogadores não são super-homens. Não tem nenhuma equipe no mundo que consiga pressionar o adversário durante 90 minutos. Nossa equipe, mesmo quando não consegue pressionar com a bola, tem a virtude de controlar o jogo sem a bola”, afirmou Oliveira.

O comandante athleticano exaltou a qualidade do Fortaleza. Mas ressaltou que o Athletico foi a equipe que criou mais oportunidades de gol e garantiu que o goleiro Santos pouco tivesse seu arco ameaçado durante os 90 minutos.

“Tenho que parabenizar o adversário pela campanha. É um trabalho de grande competência, com grandes jogadores, com uma proposta de jogo diferente do que estamos habituados no futebol brasileiro. Nós criamos mais situações de gol que o adversário e se contabilizarmos as chances reais, não lembro quais foram os lances em que o Santos teve trabalho. Mesmo sem a bola, fomos uma equipe sólida e competente”, ressaltou.

Mesmo com o time voltando à liderança do Brasileirão, António Oliveira prefere não fazer projeções sobre o campeonato. A meta segue sendo vencer a próxima partida.

“O nosso objetivo é claro e não vamos fugir dele. Disputar na terça-feira um jogo em um lugar que eu conheço bem, que é o Santos. É nisso que vamos nos focar. Já vamos começar a pensar e criar uma estratégia para enfrentar um adversário poderoso”, disse.