Palmeiras vence o Universidad Católica no Chile e abre vantagem nas oitavas

O Palmeiras conquistou uma importante vitória no jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores da América. Na noite desta quarta-feira, superou a Universidad Católica, do Chile, por 1 a 0, no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile. O gol foi marcado por Raphael Veiga, de pênalti, no fim do primeiro tempo.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (21), às 19h15, no Allianz Parque, em São Paulo. Como o gol fora é usado como critério de desempate, os chilenos precisam vencer por 2 a 0 ou por um gol de diferença a partir de 2 a 1. O Palmeiras joga por qualquer empate e o único resultado que leva a decisão aos pênaltis é vitória da Universidad Católica por 1 a 0. Antes, porém, o time paulista entra em campo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo (18), às 16h, diante do Atlético-GO, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia (GO).

O primeiro tempo não foi marcado por muitas oportunidades. O time chileno foi o primeiro a finalizar com Valencia aos 15 minutos, mas Weverton defendeu. Aos 33, Zampedri também tentou em chute rasteiro, mas o goleiro brasileiro defendeu novamente.

Mas antes do intervalo, aos 37 minutos, o Palmeiras teve um possível pênalti. A arbitragem revisou o lance no VAR, viu toque de mão dentro da área e marcou. Na cobrança, Raphael Veiga demonstrou muita tranquilidade ao bater no meio do gol e abrir o placar aos 41 minutos. Já nos acréscimos, a Universidad Católica quase empatou, em cobrança de falta de Felipe Gutiérrez, que acertou o travessão. No rebote, Valencia cabeceou, mas Zé Rafael afastou antes da bola entrar.

Com a vantagem, o time brasileiro voltou mais ofensivo e arriscando mais no segundo tempo. Logo aos oito minutos, Gustavo Scarpa chutou cruzado e levou perigo. Depois Wesley foi acionado na esquerda e chutou rasteiro, mas o goleiro defendeu.

Os chilenos responderam bem aos 26 minutos, quando Valencia recebeu bom passe dentro da área, mas Weverton abafou o adversário, salvando o Palmeiras. No lance seguinte, o goleiro fez outra boa defesa em chute bonito Francisco Silva da entrada da área. Nos minutos finais, a Universidad esboçou pressão e avançou o time, mas o Palmeiras soube se segurar bem.