Plantão do Mercado: Quem fica e quem saí do Coritiba

História de salário alto quando o clube é rebaixado, desce da série A para série B, com certeza tem que ter uma readequação financeira. Ontem já trouxemos a informação da saída do atacante Robson, o artilheiro do Coxa na temporada, nem vai participar do último jogo do Brasileirão contra o Atlético Goianiense. E hoje a gente fala sobre o adeus do Ricardo Oliveira, 40 anos foi contratado como esperança de gols do Coritiba, marcou um golzinho apenas, o presidente Renato follador já anunciou que não há como continuar com o Ricardo Oliveira, salário completamente fora da realidade, o contrato dele vai até um pouquinho mais para frente até maio, mas o clube já busca um acerto para uma liberação antecipada, então Ricardo Oliveira não fica no Coritiba que já era praticamente certo está definido e segundo o presidente Renato Follador.

Um outro atacante bem mais jovem, 27 anos, o Neilton também foi contratado como grande esperança ainda na diretoria anterior do Coritiba e visão do Brasileirão, mas não deu a resposta. Em 24 partidas só um golzinho marcado pelo Neílton e ele tem um contrato mais longo para o clube para mais temporadas, mas um salário completamente fora da realidade de quem está na Série B. Por isso de acordo com o Renato Follador, o Neilton só segue no Curitiba se aceitar uma redução salarial, a questão aqui a outros clubes interessados, por exemplo o Fortaleza que tem a série A confirmada para 2021, praticamente confirmada, só se o Vasco tirar aquele saldo de 12 gols, mas o Fortaleza fica na série A em 2021 e está interessado no Neílton, então é provável aí que também ele não joga mais pelo Coritiba e seja liberado numa negociação para defender o Fortaleza, a não ser que aceite receber um salário menor para continuar no coxa nessa tentativa de volta à primeira divisão. 

E uma última informação do Coritiba uma promessa de campanha já um compromisso de campanha do Renato Follador, era disputar o Campeonato Paranaense começa no fim de semana, com elenco alternativo, elenco de aspirantes, mas agora ele já viu que o planejamento ficou muito em cima e o Coritiba não tem dois elencos diferentes, logo até pela número de jogadores pelo planejamento do espaço curto,o Coritiba vai com elenco principal fazendo algumas alterações, poupando jogadores quando for necessário, mas vai para o Paranaense com o elenco principal.

O Paranaense começa no fim de semana, no sábado.