Amarelo, vermelho, laranja: cores do outono embelezam parques de Curitiba

O inverno só começa no dia 21 de junho, mas as baixas temperaturas e o outono já mudam a paisagem e deixam Curitiba ainda mais charmosa. Silenciosos ou animados, relaxantes ou para atividades físicas, bucólicos, românticos ou para encontrar os amigos. Há parques, bosques e jardins em Curitiba para todos os gostos e preferências. 

Seja o Barigui, o Tingui, o Bosque do Papa, o Jardim Botânico, o Tanguá, o Passaúna ou o Lago Azul, é quase impossível passear pela capital, mesmo no inverno, sem cruzar com alguns deles. 

Harmonia com a natureza

Nesta época do ano as árvores, lagos, túneis, trilhas, cascatas, belvederes, pontes, obras de arte e flores também são um convite para caminhar, correr, fazer um piquenique, se esquentar ao sol ou simplesmente contemplar a vida sentado no gramado.

As poucas folhas das árvores ganham tons de amarelo, laranja, marrom e até de vermelho e formam uma verdadeira “tela” com as novas flores plantadas nos espaços nesta época do ano, como bocas-de-leão, amores-perfeitos e petúnias.

Mas se o frio bater demais, a maioria dos locais oferece atrações mais “quentinhas”, como cafés, bares e restaurantes e, no caso do Jardim Botânico, sua icônica estufa e o Museu Botânico, com belas exposições temporárias.

Informações da Prefeitura de Curitiba