João Doria se despede da política e anuncia volta ao setor privado

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (13) que se despede da vida política e retorna ao setor privado. Em café da manhã com a imprensa no Hotel Rosswood, na capital paulista, o empresário confirmou que foi convidado para assumir vaga no conselho do grupo Lide, comandado por ele antes de sua entrada na vida pública.

Doria deixou o governo de São Paulo em 31 de março deste ano com o objetivo de disputar a Presidência da República. Ele chegou a dizer que estava confirmado como o nome do PSDB para a disputa do pleito, mas o projeto de sua candidatura não decolou por problemas internos e o partido tucano anunciou apoio a Simone Tebet (MDB), pré-candidata ao Planalto.

Durante a conversa com jornalistas, o ex-governador lamentou o desaparecimento de Dom Phillips e Bruno Pereira, jornalista e indigenista desaparecidos na região amazônica. Ele também confirmou que não se tornou um antagonista ao PSDB e, inclusive, não pretende se desfiliar do partido.

“Deixo a vida pública com senso de dever cumprido. Pelos meus erros, peço desculpas. Pelos meus acertos, cumpri minha obrigação”, escreveu Doria em suas redes sociais pouco tempo depois do evento.