Professor investigado por assédio desde julho recebe mais uma acusação

Um professor que está sendo investigado por assédio sexual em uma escola de Apucarana, foi acusado novamente pelo crime, por meio de um boletim de ocorrência registrado pela mãe da menor nesta segunda-feira (5).

O suspeito tem um processo administrativo na Secretaria Estadual de Educação (SEED) acusado de assediar algumas alunas do Colégio Estadual Padre José Canale. Esse processo está aberto desde o dia 1º de junho. O homem chegou a ser afastado da escola, mas retornou após o prazo do processo vencer.

Após a volta, uma nova acusação foi feita na SEED e ele foi afastado novamente, desta vez do Colégio Estadual Vale do Saber. A assessoria da SEED comentou que o suspeito não deveria ter voltado a dar aulas antes da divulgação da decisão do processo.

Com informações do portal TNOnline.